Publicidade
Retomada do turismo

JLL dá 11 dicas para gestão hoteleira na pandemia

Uma das maiores empresas na prestação de serviços imobiliários e em gestão de investimentos do mundo, a JLL preparou uma lista de dicas que os líderes do setor devem levar em consideração nesta época da pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Confira a seguir:

1.Controle as finanças
Revisar, revisar e revisar. De acordo com Julie Hart, especialista do setor, a adaptabilidade do orçamento é essencial. Analise cautelosamente os impactos no orçamento para os próximos três meses do ano fiscal atual e veja onde é possível fazer modificações. Se suas receitas são provenientes de reservas de hospedagem, estime o faturamento do próximo ciclo orçamentário para minimizar surpresas. Alinhe as decisões urgentes para validar as prioridades estratégicas de forma mais clara.

2. Use o virtual para ter mais contato
Embora o contato físico não seja possível neste momento, ainda podemos interagir virtualmente. Lembre-se de estar sempre conectado e incentivar a sua equipe a compartilhar histórias interessantes sobre suas comunidades. Essas histórias dizem muito – agora mais do que nunca – e serão importantes para a motivação quando começarmos a nos recuperar.

Publicidade
Expo Retomada

3. Salve a sua marca pisando nos freios com o marketing
Marketing para viajantes em potencial ou mensagens que incentivem viagens não farão sentindo nem serão bem recebidas. Cesse ações de marketing que não reflitam o “agora” e faça comunicações sobre a importância da segurança de clientes e funcionários, considerando as sugestões dos líderes globais de saúde.

4. Relacionamentos são mais importantes do que vendas
Dê apoio às equipes de Vendas e de Desenvolvimento Corporativo que tenham interação direta com os clientes. Incentive sua equipe a manter o relacionamento, fazendo chamadas e mostrando aos clientes que eles são importantes. Ouça e permita que os clientes compartilhem a situação e seus desafios. Reafirme que os negócios serão gradualmente retomados e que os destinos irão se recuperar, tendo em mente a máxima segurança de todos os clientes e funcionários. Comente também que você está disponível e atento caso eles precisem, considerando que todos foram afetados. Relacionamentos são mais importantes neste momento do que as transações.

5. Dê apoio aos stakeholders
Dê conselhos, mas também crie empatia. As empresas parceiras são a principal razão pela qual os órgãos promotores de turismo existem. Você tem a oportunidade de se envolver de uma nova maneira e ajudá-los a ligar os pontos entre as necessidades, direcionamentos e os próximos passos a serem seguidos. Por exemplo, muitos órgãos já se prontificaram a se conectar com restaurantes locais por meio de atualizações nas mídias sociais, reduzindo custos com estacionamento para entregas e oferecendo serviços para funcionários de healthcare e segurança pública. É uma oportunidade não apenas para parcerias, mas também para oferecer recursos conforme os clientes se adaptam nesse ambiente em mudança.

Publicidade
Harus

6. Reeducação sobre recursos
Instrua os membros da equipe para que entendam os programas de apoio disponíveis junto aos órgãos estaduais e locais de assistência econômica. Haverá muita informação sobre programas de Gestão de Pequenas Empresas, regulamentações sobre desemprego e opções de assistência corporativa à medida que os destinos se recuperem. Sua comunidade dependerá da sua habilidade para navegar entre essas questões. Certifique-se de que as empresas saibam que você é um recurso para ajudar a entender e ter acesso a esses programas. Quanto mais você aprender e souber sobre as opções, mais poderá compartilhar com todos os stakeholders.

7. Autorização para as reservas
Muitas empresas já autorizaram o acesso às reservas financeiras, mas para aqueles que ainda não o fizeram, agora é a hora. Análises ponderadas sobre o propósito desses fundos serão importantes para o direcionamento da empresa. Além dos princípios básicos de manutenção das operações, é preciso considerar futuros investimentos em eventos, serviços locais para desempregados e reinvestimentos em desenvolvimento dos destinos.

8. Faça sua voz ser ouvida
Nossos órgãos governamentais estão trabalhando muito. Você é um líder em nossa comunidade, e este é o momento para mostrar sua experiência. Compartilhar opções e ideias para a recuperação será importante nas próximas semanas. Recomendamos preparar-se para o presente e para o futuro dividindo os planos em três categorias diferentes: (a) Recuperação, (b) Retomada e (c) Preparação.

Publicidade
Continuum

9. Aprenda com os dados
Compreender a história dos dados e as possíveis vias de recuperação é uma etapa fundamental durante as próximas semanas. São inúmeras as opções e fontes de pesquisa de dados. Este é um ótimo momento para analisar seus recursos e determinar as necessidades futuras. Será preciso explorar o perfil do visitante e as oportunidades disponíveis conforme as etapas da recuperação começarem a acontecer.

10. Mobilize e conecte seus talentos
Antes da pandemia, muitos órgãos promotores de turismo implementaram estratégias para ajudar suas comunidades a atrair e reter talentos. Muitas delas estavam ajudando a indústria de viagens a preencher vagas disponíveis com feiras de empregos e programas de apoio à inserção ao mercado de trabalho. Hoje, a perspectiva de desemprego em larga escala faz com que essas mesmas organizações foquem em encontrar novas opções. É uma chance para usar o talento da comunidade em opções de voluntariado a curto prazo, e ao mesmo tempo promover oportunidades remuneradas às pessoas capacitadas à medida que os negócios voltarem a crescer. Além de essencial, a conexão com os órgãos locais e estaduais de assistência ao trabalhador pode ajudar a criar opções para preencher as vagas em toda a comunidade.

11. Espere o inesperado
Planos estratégicos devem ser maleáveis por natureza. As estratégias devem ser adaptáveis, enquanto as táticas são rígidas e limitadoras. Quanto mais tático for o plano, menos ele importa agora. Faça revisões e adaptações aos planos estratégicos para atender às urgências dos próximos 18 meses. Divida as semanas e os meses em períodos de tempo gerenciáveis.

Publicidade
RAP Engenharia

Comments

Avatar
JOSENILDA SILVA DE OLIVEIRA

Gostei muito das orientações. Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA