HOME Matérias Giro pelo mundo Iberostar Hotels & Resorts inaugura laboratório de corais no Caribe

Iberostar Hotels & Resorts inaugura laboratório de corais no Caribe

Este é o mais recente esforço do movimento Wave of Change da Iberostar, uma abordagem que atua em três frentes para proteger os oceanos e incentivar o turismo responsável

57
0
SHARE
Já em funcionamento, o laboratório de corais abrigará inicialmente dez espécies - Foto: divulgação

O Grupo Iberostar inaugurou um novo laboratório de corais no coração do Caribe. A iniciativa tem como objetivo proteger a vida oceânica do aumento da temperatura global, além de atuar contra uma nova doença que vem atacando os corais e que, atualmente, está em rápida evolução, a Stony Coral Tissue Loss Disease – SCTLD – sigla em inglês para a doença de perda de tecido de coral Stony.

A SCTLD tem deixado um rastro de corais descoloridos desde a Flórida Central, onde apareceu pela primeira vez em 2014, até o México, as Ilhas Virgens dos EUA, St. Maarten e, agora, a República Dominicana, onde surgiu em março deste ano.

Já em funcionamento, o laboratório abrigará inicialmente dez espécies, servindo de refúgio para os corais ameaçados do Caribe. Se trata de um banco genético, protegido dos furacões no mar cada vez mais destrutivos, onde vive a maioria dos viveiros de recife. Além disso, extrai a água salgada dos poços, não do oceano, protegendo-o de doenças de coral de rápido desenvolvimento e de grande amplitude, como a SCTLD.

Construído em uma área antes ocupada por um núcleo de ioga, o local é também aberto a visitantes, incluindo crianças, no âmbito do programa de entretenimento Star Camp da Iberostar. “Os corais representam apenas 1% da superfície do planeta, mas detêm cerca de um terço da diversidade biológica mundial”, diz a Dra. Morikawa, Diretora de sustentabilidade da Iberostar, Bióloga Marinha com doutorado em restauração de corais.

Este é o mais recente esforço do movimento Wave of Change da Iberostar, uma abordagem em três frentes para proteger os oceanos e incentivar o turismo responsável, que inclui substituir os plásticos em todos os 120 hotéis da Iberostar até 2020; promover o consumo sustentável de produtos do mar; e melhorar a saúde da zona costeira, incluindo a restauração de manguezais na costa da República Dominicana.

Com 32 mil funcionários para atender oito milhões de clientes por ano, a Iberostar planeja abrir mais instalações de saúde costeira em outros locais nos próximos dois anos, além de criar diversos viveiros marítimos. “Como empresa familiar da República Dominicana há mais de 25 anos, estamos criando um modelo de turismo cada vez mais responsável, gerando um legado para as futuras gerações. Temos que reconhecer essa responsabilidade e continuar a tomar medidas ousadas”, destaca Gloria Fluxà, Vice-presidente e Diretora de sustentabilidade da Iberostar.

O laboratório servirá de refúgio para os corais ameaçados do Caribe – Foto: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image