HOME Matérias HRS divulga dados preliminares de estudo sobre auditoria de tarifas hoteleiras

HRS divulga dados preliminares de estudo sobre auditoria de tarifas hoteleiras

A empresa também lança a Rate Protector, ferramenta de auditoria de tarifas corporativas

100
0
SHARE
Logo do grupo HRS Imagem: Divulgação

A HRS – Global Hotel Solutions lança a ferramenta Rate Protector. Ela foi desenvolvida para encontrar erros nas tarifas de hotéis e corrigi-los. O serviço audita estes valores e amenities automaticamente, o que ajuda na redução de custos e fortalece os programas de viagens.

O sistema começa um processo de correção, em caso de incompatibilidade entre valores cobrados e parâmetros negociados, em que o estabelecimento é contatado para verificar a disparidade. Os preços incorretos ficam indisponíveis no sistema de reserva até serem corrigidos.

A empresa fez um levantamento em parceria com a GBTA Foundation, braço educacional e de pesquisa da Global Business Travel Association. De acordo com dados preliminares da pesquisa, que ainda está em andamento, tarifas fora do valor negociado elevam os custos da viagem em 11%. Os valores incorretos foram, em média, 14% mais altos do que os acordados entre o hotel e a empresa.

Conforme o CEO da HRS, Tobias Ragge, os gerentes de viagem investem muito tempo e recursos negociando tarifas e amenities com hotéis. “Este esforço vale a pena somente quando tarifas e serviços negociados ficam à disposição do viajante de maneira correta. Os resultados da análise mostram que, hoje em dia, a auditoria de tarifas é mais importante do que muitas empresas podem imaginar”, afirmou ele.

Entre os gestores de viagem que fazem auditorias, 33% acham discrepâncias em mais de 20% dos casos, 30% encontram divergências entre 6% e 20% dos casos, e 37% em até 5% dos casos. Eles costumam variar a abordagem das auditorias de tarifas.

Do total de participantes, 48% dizem realizar auditoria interna de tarifas manualmente, 40% aguardam que os viajantes os informem sobre tarifas erradas. Outros deixam essa atividade para terceiros, como as TMCs (30%), ou mesmo para seu fornecedor de hotéis (19%).

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image