Publicidade
LG Eletronics

Hotelaria opta pela contratação de temporários no segundo semestre

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Com a retomada do comércio, o setor de hotelaria volta a se preparar para este segundo semestre, principalmente por conta do verão. Segundo a ABIH/SC – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Santa Catarina, no mês de setembro as reservas cresceram mais de 50% comparadas com o restante do ano. Ainda, pesquisa do BNE- Banco Nacional de Empregos, o setor de hotelaria oferece atualmente 710 vagas de trabalho temporário no setor da hotelaria.

Publicidade
Dam Roupas

 

Segundo Kaio Carvalho, Gestor do Hotel Palm Beach na praia dos Ingleses em Florianópolis, a retomada do comércio é importante principalmente agora com as temperaturas elevadas. “A expectativa é grande para que até o fim do ano consigamos estabilizar o nosso mercado. Para a retomada, estamos apostando no trabalhador temporário, pois apesar de estarmos próximos do verão, ainda vivemos momentos de incertezas e esta modalidade de contratação temporária pela lei 6.019/74 é rápida e flexível para os negócios”, explica.

Hotelaria opta pela contratação de temporários no segundo semestre

Praia dos Ingleses em Florianópolis (SC), uma das mais procuradas pelos turistas e onde fica o Hotel Palm Beach – Foto – Divulgação

Publicidade
Harus

De acordo com Marcelo de Abreu, Presidente do BNE – Banco Nacional de Empregos, as vagas no setor hoteleiro têm demonstrado uma tendência de crescimento em relação a 2019. “Essa modalidade de contrato faz com que os hotéis consigam suprir demandas emergenciais, como o aumento repentino motivado por feriados ou para a substituição dos trabalhadores afastados por causa da COVID-19. Dessa forma, os hotéis conseguem ganhar fôlego financeiro com as despesas da folha de pagamento, e ainda tem a possibilidade de efetivar, sem custo de seleção, os trabalhadores temporários que se destacaram”, finaliza.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

 

Com as incertezas causadas pela pandemia, muitas famílias estão repensando o planejamento de férias de verão. Kaio ressalta que a intensidade de agendamento está surpreendendo e a demora pode custar mais caro. “Os protocolos de segurança recomendados pelas autoridades de saúde estão sendo respeitados pela maioria dos hoteleiros”, finaliza.

Publicidade
RAP Engenharia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA