HOME Matérias Mercado Hotelaria nacional terá R$ 1 bilhão disponível em recursos para ...

Hotelaria nacional terá R$ 1 bilhão disponível em recursos para ampliação e modernização

29
0
SHARE

A verba é um acordo firmado entre o Ministério do Turismo e o BNDES com juros baixo e até 18 anos para pagar

O setor hoteleiro acaba de ganhar uma linha de crédito de R$ 1 bilhão para modernização através de um acordo firmado entre os Ministério do Turismo e o BNDES — Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, chamado programa ProCopa Turismo. Através dele será possível financiar a reforma e construção de hotéis e pousadas para ampliar a capacidade e a qualidade da hospedagem para receber os turistas que virão ao país para a Copa de 2014. Uma das exigências para a liberação deste recurso é o comprometimento ambiental do setor ao oferecer condições mais favoráveis aos projetos que levem em conta a preocupação com a eficiência energética e a sustentabilidade ambiental. O Ministro Luiz Barretto considera a parceria entre o BNDES, o Ministério do Turismo e o setor hoteleiro “um dos pilares da preparação do Brasil para a Copa do Mundo e também para as Olimpíadas”. Segundo ele, “o governo tem o papel de induzir o setor, que é essencialmente privado, no sentido de aumentar o volume e a qualidade dos serviços oferecidos”. Para o Vice-presidente do BNDES, Armando Mariante, tanto a Copa de 2014 quanto a Olimpíada de 2016 “representam uma nova realidade e trazem novos desafios que têm de ser enfrentados com grande competência e que estão interligados”. O objetivo do Banco, segundo ele, é que o setor alcance um patamar de excelência “que nos dê orgulho”.
Para operações diretas com o BNDES, o valor mínimo será de R$ 3 milhões nas cidades-sede e demais capitais. Já os demais municípios o valor será de R$ 10 milhões. O programa oferece prazos máximos de amortização inéditos. Eles poderão chegar a até 12 anos para modernização de unidades existentes e a até 18 anos para construção de novas unidades. Poderão ter o benefício de ampliação do prazo de financiamento empreendimentos que obtiverem certificação, por entidade acreditada pelo INMETRO, de eficiência energética e/ou construção sustentável. O Diretor do BNDES Elvio Gaspar lembra que estes prazos se equiparam aos prazos mais longos praticados pelo BNDES.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image