HOME Matérias Hotel Pullman Ibirapuera (SP) lança parceria com mulheres do Projeto Balsear

Hotel Pullman Ibirapuera (SP) lança parceria com mulheres do Projeto Balsear

66
0
SHARE
O Gerente Geral do empreendimento, Jarves Rockenbach, ladeado pelas mulheres do Projeto Balsear (Foto: divulgação)

A hotelaria investe pesadamente na reposição de louças em seus restaurantes. As peças são fundamentais na exibição das criações dos chefs e têm vida mais curta nos estabelecimentos. Desta maneira, grandes rede investem em fornecedores de porte, que conseguem fornecer o mesmo tipo de peça muito rapidamente. Alguns dos maiores fornecedores já têm segmento de negócios voltados para o setor.

Alinhadas com as iniciativas de sustentabilidade defendidas pelo Grupo Accor, as cozinhas do restaurante TasteIT Food & Lounge, do Pullman São Paulo Ibirapuera, receberam as louças artesanais criadas pelo grupo de empreendedoras do projeto Balsear.

Batizado com o nome de Projeto Connect, tem como intuito abrir a porta para fornecedores locais que valorizem a sustentabilidade, a diversidade e o comércio justo por meio de trabalhos artesanais. As louças são feitas artesanalmente por mulheres pescadoras da represa Billings que participam do Projeto Balsear como forma de gerar uma renda complementar durante o período de defeso, meses nos quais a pesca é proibida. O projeto surgiu em 2013 e está localizado na Aldeias Infantis SOS, em São Bernardo do Campo. As peças de cerâmica levam cerca de 30 dias para serem confeccionadas e custam a partir de R$ 50 a unidade.

O chef Jean-Christophe Burlaud, do TasteIT, conheceu o projeto em uma visita ao Museu da América Latina e enxergou uma conexão entre o Pullman SP Ibirapuera e este trabalho artesanal. Além de produzirem verdadeiras obras de arte sustentável, o empoderamento promovido às artesãs se conectou com os pilares de diversidade e inclusão defendidos pelo comitê RiiSE e pela Accor, dando início ao Connect.

Burlaud explica que “na marca Pullman há preocupação de trazer à mesa emoção, técnica e criatividade. Valoriza-se riqueza dos detalhes e ingredientes não somente orgânicos, mas também regionais. Os pratos artesanais junto com a escolha de ingredientes transformam em refeição em um momento único”.

Vanderlea Lima, do projeto Balsear, lembra que “a única coisa que se pede é oportunidade. Acreditamos no nosso esforço e na nossa capacidade. Somos honestas, batalhadoras e transparentes. Nunca imaginamos pisar em um restaurante como esse. O que dirá ver nossos pratos servindo criações de um chef francês. Foi um desafio grande”. As louças foram confeccionadas em formas de gotas, troncos e flores. Segundo as artesãs para homenagear a Mata Atlântica e a Represa Billings.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image