Publicidade
Retomada do turismo

Hotéis se solidarizam para auxiliar no combate a pandemia da COVID-19

Vários meios de hospedagens no Brasil estão promovendo a doação de alimentos, roupas, calçados, máscaras, assim como estão ajudando em dinheiro a comunidade em que estão inseridos e os mais vulneráveis

Num momento de pandemia da COVID-19 no qual a empatia é fundamental para a manutenção da saúde e da esperança para o mundo, o brasileiro se mostra mais uma vez como um povo muito solidário. Mesmo distantes, as pessoas estão unidas para ajudar uns aos outros. Esse é o caso do Villa Blue Tree, centro de eventos do Grupo Chieko Aoki, anunciou a disponibilização de seu espaço para receber leitos hospitalares para o combate do novo coronavírus. O espaço, que suspendeu suas atividades no dia 16 de março, ofereceu sua infraestrutura, que conta com uma área de 6 mil m², duas entradas independentes, cinco salas de apoio, recepção, oito toaletes, áreas verdes especiais e sete salas de eventos para o enfrentamento da pandemia. As ações estão espalhadas por várias partes do Brasil, como na Amazônia, onde o Mirante do Gavião Lodge, às margens do Parque Nacional de Anavilhanas, no Rio Negro, criou um E-commerce de emergência. O objetivo é apoiar 40 famílias de artesãos ribeirinhos, que dependem da venda do artesanato em marchetaria – que acabou totalmente por conta da suspensão do turismo – vital para a economia desta cidade do Amazonas.

Por meio da Fundação Almerinda Malaquias, estas 40 famílias de artesãos recebem suporte técnico. que dependia dos turistas, que compravam seus produtos e garantiam seu sustento. IMGS da Fundação apoiada e da ação. Confira algumas ações que estão ocorrendo no segmento hoteleiro para amenizar um pouco a dor e sofrimento de pessoas vulneráveis e para ajudar os profissionais da saúde que estão na linha de frente para combater a pandemia.

Doação de alimentos

Como vários hotéis e pousadas de Porto Galinhas, em Pernambuco suspenderam o funcionamento por causa da COVID-19, o Trade local já doou 10 toneladas de alimentos para famílias da redondeza em situação de vulnerabilidade social. A quantidade de alimentos já beneficiou mais de mil famílias. A campanha foi iniciada no fim do mês de março e vem sendo ampliada de acordo com as necessidades dos moradores da região. A população que mora no entorno de Porto de Galinhas sobrevivia do movimento turístico na região, o qual está totalmente parado por conta do vírus.

Publicidade
RAP Engenharia

Quem também promoveu doação de alimentos foi a GJP Hotels & Resorts. Foram mais de três toneladas de alimentos para oito entidades em diversas localidades do Brasil. Todo o material reunido nas unidades foi enviado a entidades parceiras nas localidades onde ficam os hotéis Wish Serrano e Prodigy Gramado, em Gramado (RS), Prodigy Santos Dumont, no Rio de Janeiro (RJ), Marupiara by GJP, com entidade parceira em Recife (PE), Wish Foz do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR) e Wish Hotel da Bahia, em Salvador (BA). Entre os itens doados estavam: farinha de trigo, iogurte natural, água, refrigerante, manteiga, queijo, presunto, salame, linguiça, peito de peru, chocolate, lentilha, leite em pó, tapioca, farinha de castanha de caju, achocolatado, doce de leite, fubá, pão, sorvete, carnes dos mais diversos tipos, entre outros mantimentos.

Doar alimentos a comunidade em que está inserido também foi a opção encontrada pelo complexo Beach Park que fez a doação de 30 toneladas de alimentos e criou campanha online para reforçar ajuda a famílias de Aquiraz que vivem do turismo. Entre eles estão: pescadores, bugueiros, rendeiras e artesãos, além de cozinheiras, garçons e vários outros profissionais que trabalham em diversas atividades ligadas ao turismo na região. O objetivo é alcançar 50 toneladas de alimentos e bebidas para ajudar as comunidades do entorno e região de Aquiraz, município onde se localiza o empreendimento. Milhares de famílias do município vivem do turismo e, agora, sofrem um severo impacto econômico e social em meio à pandemia do novo coronavírus. Para intensificar as doações feitas pelo próprio empreendimento desde março, o Beach Park criou uma vakinha online para que mais empresas e pessoas físicas possam doar.  A expectativa é de arrecadar R$ 80 mil que repassados a comunidade de forma rápida e segura.

Com a suspensão da operação dos três resorts do Complexo Hot Beach Olímpia – Thermas Park Resort & Spa, Celebration Resort Olímpia e Hot Beach Resort na cidade de Olimpia (SP), o Grupo Ferrasa também fez a doação de alimentos perecíveis que estavam armazenados. Foram entregues cerca de duas toneladas de alimentos ao Abrigo São José, de Olímpia. No lote havia frutas variadas, como banana, maçã, melão, melancia, legumes e verduras diversas e uma grande quantidade de ovos.

Doação de roupas e máscaras

O Cambará Eco Hotel doou mais de 200 peças, entre roupas e calçados, e 1200 itens de higiene pessoal, como sabonetes e xampus, que serão destinados para famílias carentes da comunidade de Cambará do Sul (RS). Os materiais foram entregues ao padre Tiago Camozzato, da Paróquia São José que, em conjunto com a assistência social, entregará as doações aos mais necessitados. O Gestor do Cambará Eco Hotel, Emiliano Brugnera, explica que as roupas e calçados são oriundos da arrecadação feita anualmente para campanha do agasalho. Já os materiais de higiene pessoal seriam usados pelos hóspedes e estavam guardados.

Os colaboradores da Rede Swan Hotéis – cinco unidades hoteleiras no Rio Grande do Sul e quatro em Portugal – decidiram comemorar o aniversário do empreendimento com um gesto de solidariedade. Em torno de 20 funcionários estão produzindo – alguns em suas casas e outros nas próprias unidades do hotel – máscaras de proteção que serão doadas à comunidade. As máscaras estão sendo embaladas em pacotes com três unidades, e distribuídas para quem for até os hotéis da rede Swan Hotéis em Novo Hamburgo, Porto Alegre, Caxias do Sul e Rio Grande. A ideia é que os moradores próximos dos hotéis e pessoas que trabalham perto sejam os primeiros beneficiados com a ação.

O trabalho de confecção das máscaras, que é voluntário, está sendo possível porque a administração comprou 1.800 metros de TNT. Para aumentar o número de máscaras produzidas, roupas de cama que estão sendo substituídas por enxovais novos também estão sendo transformadas em máscaras.

Ação semelhante fez o Ponta dos Ganchos Exclusive Resort, em Governador Celso Ramos (SC) que está produzindo máscaras de tecidos com o enxoval do resort. Confeccionadas por uma costureira da comunidade de pescadores onde está localizado, o hotel distribuiu 500 máscaras – 100 unidades foram disponibilizadas aos seus colaboradores e outras 400 entregues a três instituições dedicadas a pessoas idosas do município de Biguaçu (SC).

O padre Tiago Camozatto recebendo as doações de Emiliano Brugner e José Antonio Brugner

Para materializar uma rede de solidariedade de combate ao COVID-19 no Distrito Federal, o Royal Tulip Brasília Alvorada, do Louvre Hotels Group – Brazil, selecionou diferentes entidades para receber materiais de prevenção à doença. O hotel firmou parceria com costureiras locais, um grupo de assistência social e uma igreja para doação de lençóis e protetor de colchões, matérias-primas de máscaras. “O Louvre Hotels Group – Brazil, representado nessa iniciativa pelo Royal Tulip Brasília Alvorada, acredita que toda a ação solidária é muito importante, uma vez que colabora para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas necessitadas nesse momento tão delicado. Doamos matérias-primas para costureiras locais, igreja Assembleia de Deus, que realiza trabalhos com moradores de rua e dependentes químicos, e ao grupo assistencial Auta de Souza. O resultado foi surpreendentemente positivo: Cerca de 700 máscaras foram feitas e doadas à UPA – Posto de Saúde de Taguatinga, ao Hospital Regional de Taguatinga e ao Lar dos Velhinhos Maria de Madalena do Núcleo Bandeirantes, alvo de outras ações solidárias da rede ao longo do ano”, comemora o gerente geral Jean Nogueira.

Publicidade
Harus

O Grupo La Torre também adotou a iniciativa de doar máscaras a comunidade em que está inserido e batizou a iniciativa com o nome de “Costureiras Salvam Vidas”. O objetivo é doar 20 mil máscaras em Porto Seguro (BA) em tecido, com forro de dupla segurança. Essa iniciativa além de auxiliar a população a seguir as orientações da OMS – Organização Mundial de Saúde, atende aos decretos de Leis municipais, movimenta a economia local, gerando postos de trabalho e venda nos comércios que oferecem a matéria prima. O investimento empregado nesse projeto está sendo financiado por parte do valor das diárias de hóspedes do La Torre Resort que adquiriram reservas e remarcaram as já existentes. “O papel do empresário nesse momento de COVID-19 é contribuir, colocando à disposição o seu lado de empreendedor social, criando soluções para unir pessoas em prol de uma causa: ajudar ao próximo. No La Torre Resort, a cada reserva adquirida ou remarcada, 50 novas máscaras serão produzidas e doadas. Essa é a nossa contribuição à sociedade em agradecimento, respeito e auxílio aos profissionais da saúde que estão se desdobrando nessa pandemia, bem como aos nossos clientes que reconhecem o compromisso do La Torre com a nossa gente”, comentou Luigi Rotunno, CEO do Grupo La Torre.

A campanha Costureiras Salvam Vidas do Grupo La Torre pretende fazer 20 mil máscaras e doar a comunidade de Porto Seguro (BA)

Doação de cestas básicas

Já o hotel Cristalino Lodge, localizado no município de Alta Floresta, Sul da Floresta Amazônica, no Mato Grosso, lançou a Campanha Sou Cristalino. A ação visa contribuir para a valorização do Cristalino Lodge enquanto experiência acolhedora na Amazônia, estimulando viagens futuras por meio de descontos e gerando um círculo virtuoso de solidariedade, união e empatia através da doação de cestas básicas, produtos de higiene pessoal e brinquedos para famílias carentes do município de Alta Floresta.

Durante todo o último mês de abril, ao reservar três noites de hospedagem em base dupla, que poderão ser utilizadas até dezembro de 2021, os hóspedes, agentes ou operadores de viagem, puderam garantir um desconto de 25% no valor das diárias e doar uma cesta básica e outros itens dentro do programa para cada reserva realizada. A economia poderá chegar a mais de R$ 2 mil para os viajantes, ou profissionais do setor, que poderá desfrutar ou oferecer aos seus clientes as belezas da floresta intocada na Reserva do Cristalino com todo o conforto e luxo do essencial.

Vista interna de um dos bangalôs do Cristalino Lodge

A comercialização desses vouchers, junto com outras ações sociais desenvolvidas pelo hotel, poderá contribuir com R$ 88 mil para auxílio direto a quase 1/3 de todas as 488 famílias em situação de vulnerabilidade no município. Cada cesta básica poderá alimentar uma família por cerca de 1 mês, enquanto que os produtos de higiene pessoal têm um impacto direto na proteção de vidas. Já os brinquedos têm como finalidade estimular as crianças a não saírem de casa, garantindo melhores condições para essas famílias durante o delicado momento que atravessamos.

Ação semelhante fez o Botanique Hotel & Spa, localizado no Triângulo das Serras – entre Santo Antonio do Pinhal, Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí, no coração do charmoso Valle dos Mellos. O empreendimento está concedendo 30% de redução no valor de suas diárias para uso a partir de 15 de agosto de 2020 até 31 de março de 2021 (exceto para feriados e réveillon). Parte da renda obtida com estas reservas será revertida às instituições que estão doando alimentos à população em condições de vulnerabilidade social.

Parte da renda da venda das diárias com preços reduzidos pelo Botanique Hotel & Spa serão revertidas em doação de alimentos a pessoas vulneráveis

Ingressos em prol de causas sociais

A Aviva, detentora dos destinos Rio Quente e Costa do Sauípe, lançou a ação “Juntos pela Comunidade” que está vendendo ingressos do Hot Park com 100% da arrecadação revertida para causas sociais imediatas e de amparo à crise, principalmente das localidades de Rio Quente (GO) e Mata de São João (BA). O ingresso foi vendido por R$ 59,00 pelo site www.hotpark. com até o último dia 30 de abril e os ingressos poderão ser utilizados de 1 de Junho de 2020 a 20 de Dezembro e 2020. “O momento que estamos vivendo não tem precedentes. Além dos parques e hotéis fechados, a comunidade local é altamente afetada, sem meios de socorro de um dia para o outro. São tempos complexos, que envolvem decisões difíceis, mas não podemos de deixar de olhar o nosso entorno. Atento a isso e pensando como podemos continuar colaborando com as pessoas da comunidade local, decidimos lançar essa ação”, afirma Francisco Costa Neto, CEO da Aviva.

Hospedagem gratuita

A OYO Brasil abriu as portas de alguns de seus hotéis nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Niterói e Belo Horizonte para médicos e enfermeiros, que estão na linha de frente na luta contra a COVID-19. Os profissionais da saúde receberam acomodações gratuitas em hotéis estrategicamente mapeados, que estavam num raio de até cinco quilômetros de distância de importantes hospitais da rede pública e privada. Isso possibilitou um local para descanso perto do trabalho ou hospedagem para o profissional que estava enfrentando dificuldades para voltar para casa. “O Programa de Quartos Abertos está em linha com outras iniciativas globais da OYO de suporte à comunidade em países que a companhia atua. No Brasil não poderia ser diferente e nosso intuito é trabalharmos juntos dos profissionais da saúde na luta contra o vírus para que esse momento difícil termine o quanto antes. Além disso, gostaríamos de proporcionar um momento de descanso a esses heróis, que precisam de um local adequado e confortável para se recuperarem e evitarem grandes deslocamentos”, destacou Henrique Weaver, Diretor geral da OYO no Brasil.

Fornecedores da hotelaria promovem ação social diante da pandemia da COVID-19

Essa ação visa atender as pessoas vulneráveis e os profissionais da saúde que estão na linha de frente para combater essa pandemia que está levando muitas pessoas a óbito. A Schipper, um dos mais tradicionais fornecedores de utensílios para alimentos e bebidas da hotelaria nacional, participou de uma ação social no Alojamento Provisório do Autódromo Internacional de Brasília realizado pela SEDES-DF – Secretaria de Desenvolvimento Social de Brasília em parceria com o Instituto Tocar. O alojamento recebe 194 pessoas que estavam em situação de rua, um dos públicos mais vulneráveis no Distrito Federal, que não tinham condições de cumprir as medidas de isolamento. Foram doados alimentos, roupas, calçados e itens de higienização úteis no combate a COVID-19. A iniciativa fez parte da semana de comemoração dos 60 anos de Brasília. “É muito gratificante poder estender as mãos aos que mais precisam. Fica a sensação de que ganhamos mais do que aqueles que recebem” diz o Diretor Comercial da Schipper, Sergio Pimenta.

Equipe da Schipper entregando a doação ao Alojamento Provisório

Já a Realgem´s que é tradicional fornecedor de amenities para a hotelaria nacional fez a doação de 3.600 unidades de álcool em gel 70% com aloe e vera. Eles foram entregues em 11 unidades de acolhimento da FA – Fundação de Ação Social da cidade de Curitiba (PR) que atendem pessoas em situação de rua. A planta industrial da empresa em Colombo, região metropolitana de Curitiba, é quem fabrica o álcool (em embalagens de 30 ml) sendo ideal para uso individual e cerca de 1 mil unidades do produto também foram entregues nessa cidade.

Ariel Mendes, do departamento de Marketing da Realgem’s entregando a doação à Luciane Diehl da FAS

A empresa afirma que nesse momento todos os seus esforços produtivos estão concentrados para atender a demanda nacional de pedidos de álcool em gel 70%. “É nossa missão apoiar o hoteleiro, que nesse momento passa por momentos delicados, mas é nosso dever cumprir esse papel social de ajudar o próximo. Reorganizamos toda a nossa operação para produzir esse novo item do mix e passamos também a atender pessoas físicas e empresas gerais, não apenas hotéis”, diz Mauro Carvalho, CEO da Realgem’s.

A Teka, uma das referências de enxoval de cama e banho no segmento hoteleiro no Brasil fez a doação de 300 enxovais para leitos hospitalares das cidades de Blumenau (SC) e Artur Nogueira (SP). O objetivo da ação foi contribuir para que os hospitais estejam melhor preparados para realizar o tratamento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, que tem contagiado cada vez mais pessoas em todo o Brasil. Os locais foram escolhidos por serem cidades onde a empresa possui parques fabris. No total, foram entregues 200 enxovais para o município catarinense e outros 100 para a cidade paulista.

Entrega de produtos para o Prefeito de Artur Nogueira, Ivan Vicensotti pelo Gerente da unidade paulista, Marcos Zanetti

A Zoox, um dos mais tradicionais provedores de soluções tecnológicas para o segmento hoteleiro no Brasil, fez um plano de ação emergencial para clientes da hotelaria que estão passando por uma queda abrupta na ocupação ou até fechamento temporário em razão da pandemia da COVID-19 (novo coronavírus). Os clientes da hotelaria que utilizam a licença do Zoox WiFi, estão tendo descontos temporários, facilidades de pagamento e a empresa está buscando também outras receitas externas para minimizar os custos. Isso se dará através do inventário de WIFI (tela de login) dos hotéis em que a Zoox pretende divulgar mensagens, vídeos, pesquisas e notícias relacionadas à COVID-19. Isso será possível através de acordos com os órgãos públicos e, possivelmente, outros formatos de mídia, trazendo novas receitas ao hotel. Para os que estejam fechados, a Zoox suspendeu a cobrança e na reabertura está concedendo desconto de acordo com a ocupação. A empresa oferecerá também aos hotéis a migração para o sistema atualizado sem custo algum.

Publicidade
Trofeu Fornececor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA