HOME Matérias Investimentos Grupo NL investirá R$ 160 milhões na implantação de um...

Grupo NL investirá R$ 160 milhões na implantação de um novo complexo hoteleiro em Pernambuco

220
0
SHARE

O Grupo NL anunciou que destinará um investimento de R$ 160 milhões para a implantação de um novo complexo hoteleiro-imobiliário no município de Igarussu, no litoral Norte de Pernambuco. O novo espaço será formado por um Resort, uma pousada de charme e uma estrutura voltada para o segmento imobiliário de primeira e segunda residência – além de componentes hoteleiros como Vila Náutica e Centro de Lazer. O projeto pretende receber 70% do público interno e 30% do internacional. “O complexo está situado há poucos quilômetros da praia de Maria Farinha e bem ao lado da Coroa do Avião, locais de extrema beleza no Litoral Norte. A região possui ainda atrativos culturais de peso, como o centro histórico de Igarassu, além de estar próxima a cidade-patrimônio de Olinda e a apenas 40 quilômetros do Aeroporto Internacional dos Guararapes”, destaca o empresário e diretor do projeto, Eduardo Lucena Lundgren.
O novo complexo hoteleiro será implantado em três fases. Na primeira será construído um resort com 260 apartamentos, com área individual de 40m², além de 40 bangalôs. O resort ainda contará com um Centro de Convenções com aproximadamente 2.500m² e capacidade para abrigar 1000 pessoas. A segunda etapa contemplará a construção dos componentes hoteleiros como a Vila Náutica – voltada para os amantes dos esportes náuticos – e o Centro de Lazer que contará com dois campos profissionais de futebol e seis quadras de tênis. Na terceira fase será implantado o projeto de primeira e segunda residência focado no segmento imobiliário. 
Para dar suporte ao projeto foi contratada a consultoria internacional HVS, especializada no setor hoteleiro. A empresa tem a responsabilidade de elaborar os estudos técnicos e mercadológicos, de viabilidade e de projeção. Para concretizar o projeto, os investidores ingressarão ainda este ano com uma carta-consulta junto ao BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. A intenção dos investidores é financiar por meio da instituição 90% do valor, enquanto os outros 10% seriam aplicados pelo grupo.
As negociações junto a bandeiras internacionais para a administração do complexo estão em fase adiantada. O anúncio da marca escolhida será feito em novembro deste ano. O grupo tem como meta iniciar as operações do complexo já em 2012, visando a realização da Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo em 2014.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image