Publicidade
FOHB

Foz do Iguaçu se prepara para ser destino turístico halal

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Depois de assinado, em Dubai, o protocolo para que Foz do Iguaçu (PR) seja o primeiro destino turístico halal da América Latina, fora do eixo árabe-mulçumano, terão início as tratativas para a execução dessas ações.

Publicidade
Clima ao Vivo

Nos próximos dias 28 e 29 de outubro, o CEO da Cdial Halal, Ali Saifi, e o Vice-presidente de Comércio Exterior da Comércio Árabe-Brasileira, Mohamad Orra Mourad, estarão no município para encontro com autoridades locais, entidades ligadas ao turismo e ao comércio, além de representantes da comunidade árabe de Foz do Iguaçu, que hoje gira em torno de 25 mil cidadãos de origem árabe-mulçumana. “Para que possamos iniciar esse projeto, é necessário um alinhamento entre a prefeitura e todos os serviços envolvidos no atendimento aos turistas. O objetivo é que todos esses profissionais sejam capacitados e os serviços adaptados de acordo com os requisitos halal”, explica Ali. “Hoje os mulçumanos representam quase 1/3 da humanidade e queremos que Foz do Iguaçu não seja apenas o primeiro, mas o melhor destino turístico halal para que essas pessoas possam escolher o Brasil para suas viagens”, destaca Ali Saifi. “Foz do Iguaçu abriga a segunda maior comunidade árabe do Brasil e essa capacitação dos trabalhadores dos estabelecimentos de turismo vai tornar nosso município um polo atrativo para os países árabes. Com este protocolo, seremos a primeira cidade do Brasil com os serviços preparados para esse público”, afirma o Prefeito Chico Brasileiro.

Publicidade
Revista Hotéis – Instagram

Sobre o acordo

O protocolo assinado em Dubai entre o município de Foz de Iguaçu e a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, foi intermediado pela Cdial Halal e Grupo Invest Paraná, com apoio do Governo do Paraná. O protocolo prevê treinamento de equipes para abordagem e atendimento adequados a este público, com capacitação que envolve a alimentação halal, questões culturais, dentre outros.

Comunidade Árabe em Foz do Iguaçu

A comunidade árabe-muçulmana de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este (Paraguai) começou a ser formada em 1950 e ganhou força na década de 1980, com a construção da Itaipu Binacional. Em 1983, foi aberta a Mesquita Omar Ibn Khatab, a maior da América Latina. Um dos fatores que estimulou a migração muçulmana para a Tríplice Fronteira (incluindo a Argentina), é o fato das empresas que realizam abate de aves e bovinos seguirem os preceitos halal.

Publicidade
Tramontina

Sobre a certificação halal

A certificação Halal atesta a qualidade da produção, da confiabilidade, da rastreabilidade e do cumprimento dos requisitos de segurança em todo o seu processo. Abrange desde a matéria-prima até o transporte e pode ser aplicada a qualquer categoria de empresa, inclusive serviços de alimentação dos hotéis e restaurantes. Existem hoje quase 1.8 bilhão de muçulmanos em todo o mundo que consomem produtos que são certificados halal.

Cdial Halal

É a única certificadora da América Latina acreditada pelos principais órgãos oficiais dos Emirados Árabes (EIAC) e do Golfo (GAC), o que confere seriedade e competência nos segmentos que atua. Também é a primeira da América Latina a conquistar a categoria “N” para cosméticos e fármacos. Esta certificação é aceita em todo o mundo, inclusive nos países de maior população muçulmana como Malásia, Indonésia, Singapura e Golfo Pérsico (ou Golfo Árabe).

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA