HOME Matérias Foz do Iguaçu recebe as chaves da Termatalia 2018

Foz do Iguaçu recebe as chaves da Termatalia 2018

146
0
SHARE
Maior evento de águas termais do mundo deve reunir aproximadamente 3 mil profissionais de 40 países em Foz do Iguaçu no próximo ano - Foto: Caio Coronel

A passagem simbólica da sede da Termatalia do município de Ourense para Foz do Iguaçu aconteceu hoje, 22, na Espanha, e contou com a participação do Diretor-geral brasileiro de Itaipu, Luiz Fernando Leonne Vianna. No próximo ano, Foz do Iguaçu se tornará o principal destino de águas termais do mundo, com a realização da Termatalia 2018.

Além de Luiz Fernando Leone Vianna, receberam as chaves da Feira Internacional de Turismo Termal, Saúde e Bem-Estar o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, a Vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o Secretário municipal de Turismo, Gilmar Piolla.

A passagem simbólica da sede do evento para Foz do Iguaçu ocorreu em Ourense, comunidade autônoma da Galícia, na Espanha, onde está sendo realizada a feira Termatalia 2017. “O turismo termal é muito importante para Foz do Iguaçu, porque ele complementa o turismo convencional e contribui para que os hotéis tenham movimento o ano todo. Mas, além do turismo, temos que pensar também nas propriedades terapêuticas das águas quentes, que temos em muitas partes do Brasil e na região de Foz”, afirmou Vianna.

Em seu discurso, Gilmar Piolla ressaltou a importância de sediar a próxima edição da Termatalia. “Teremos a grande oportunidade de desenvolver, a partir da Termatalia, o turismo termal, de saúde e bem-estar em Foz do Iguaçu, no Paraná, no Brasil e em toda a região da tríplice fronteira. Afinal, somos um Destino, três países. A energia das águas de Foz do Iguaçu espera por vocês ”, afirmou, lembrando que o Destino Iguaçu abrange não só Foz do Iguaçu, no Brasil, como também as cidades das regiões de fronteira do Paraguai e da Argentina, o que certamente contribuirá para fazer da feira um sucesso ainda maior.

O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, garantiu que o termalismo está na pauta das políticas públicas de saúde no país. Ele ainda assegurou apoio a eventos do setor, que serão realizados no Brasil ano que vem. “Precisamos avançar na adesão do termalismo em programas do SUS, como já ocorre em alguns países, e que tivemos a oportunidade de conhecer durante a Termatália. Também é importante o apoio aos eventos, como ocorrerá em Foz do Iguaçu em 2018, com o propósito de fortalecer o potencial econômico e medicinal do setor no Brasil”, concluiu.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image