Publicidade
Expo Retomada

FOHB apresenta estudo sobre principais canais de venda das redes hoteleiras

Conhecer quais são os principais canais de venda das redes hoteleiras confirma os novos hábitos dos consumidores brasileiros e aponta os caminhos para as estratégias das empresas do segmento turístico para os próximos anos. Em sua recente pesquisa sobre canais de distribuição, o FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil – contou com uma amostra de 567 empreendimentos e 102.764 unidades habitacionais – Uhs – de 18 de suas redes associadas. Tais números correspondem a 83% da oferta de empreendimentos da entidade e trazem resultados referentes aos anos de 2015 a 2017 e também a série histórica.

Publicidade
Continuum

Dados apontam crescimento no número de diárias entre 2016 e 2017, saltando de 15.780.411 para 16.194.892. Outro dado importante para análise é a queda de 22 pontos percentuais no número de vendas diretas, realizadas pelos (sites dos próprios hotéis, diretamente nos empreendimentos e centrais de reservas) entre 2012 e 2017. Ganham relevância os intermediários com distribuição eletrônica, como as OTAs – agências online – e os GDS – Global Distribution System -, com crescimento de 13 pontos percentuais no mesmo período.

Publicidade
Harus

O Booking.com lidera as vendas online com 60% do mercado, seguida pela Expedia com 25% e Decolar.com com 6%. O número de hóspedes cuja em razão de grupos e eventos se manteve estável no último ano e crescendo 9% desde 2012. Para Orlando de Souza, Presidente executivo do FOHB, “o estudo traz um olhar detalhado para o futuro da distribuição hoteleira no Brasil. A cada ano se consolida a importância das OTAs e demais distribuidores eletrônicos. Estudar a evolução dos canais deve impor ao hoteleiro uma gestão melhor de custos e o impacto de cada canal em sua receita”.

O estudo completo pode ser encontrado aqui ou no site do FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil a partir do dia 8 de dezembro.

Publicidade
Totaline