HOME Matérias Estudo ‘Raio-X da Hotelaria Brasileira’ chega a sua quarta edição

Estudo ‘Raio-X da Hotelaria Brasileira’ chega a sua quarta edição

103
0
SHARE
Juntos, os estudos contam uma rica história em números e informações sobre o mercado das redes hoteleiras, desde 2003, data de sua primeira edição

No próximo dia 7 de fevereiro, a partir das 10h00, no SENAC Osasco, acontece o lançamento do estudo ‘Raio-X da Hotelaria Brasileira – As Redes Hoteleiras do Brasil’, com presença de autoridades do setor, coletiva de imprensa e brunch. Na ocasião, as autoras vão revelar as dez maiores redes/administradoras hoteleiras, as dez maiores marcas/bandeiras, rankings por distribuição geográfica, por classificação, entre outros.

Depois de 12 anos de sua última edição, em novembro de 2006, a Amazonas & Goldner Consultoras Associadas retorna ao mercado com o quarto volume da série, que teve todas as suas edições anteriores totalmente esgotadas. O Estudo Raio-X da Hotelaria Brasileira – As Redes Hoteleiras do Brasil proporciona um verdadeiro censo do setor no Brasil, com informações detalhadas sobre as redes hoteleiras nacionais e internacionais presentes no país, suas marcas e empreendimentos, dentro de um contexto histórico de suas origens à evolução aos dias atuais.

Nesta edição, intitulada ‘A Evolução das Marcas’, que tem o SENAC – Osasco como parceiro, a jornalista Eny Amazonas Bojar e a mestre em engenharia, Lilian Goldner colocam em análise 170 redes e administradoras hoteleiras, sendo 145 em operação, redes em fase de implantação e outras que já deixaram o mercado. Para as 145 redes em operação, as autoras contabilizam 1433 empreendimentos, com oferta de 213 mil apartamentos, envolvendo um total de 269 marcas.

O estudo traz o mapa completo das redes e administradoras, suas respectivas bandeiras; sua distribuição geográfica em 274 cidades, e em todos os estados e regiões do país, com tabelas por marcas/bandeiras, por tipo de empreendimento e por classificação hoteleira; além de estatísticas e rankings diversos. As autoras adiantam que cerca de 50% da oferta total de empreendimentos e de apartamentos pertencentes às redes hoteleiras se concentram na região Sudeste do país.

O trabalho ganha rankings, estatísticas e tendências exclusivas sobre as bandeiras das redes de origem nacional e internacional. Ao todo, 269 marcas são analisadas, juntamente com tabelas que apresentam a distribuição espacial nas regiões, estados e cidades através do mapeamento geográfico, incluindo relação nominal dos empreendimentos. Outros rankings aguardados pelo mercado são os das Redes e das Administradoras Hoteleiras, por número de empreendimentos, por número de apartamentos, por classificação hoteleira, por marcas, entre outros.

Ancorado pelo www.raioxredeshoteleiras.com.br, onde também estão as três edições anteriores, juntos, os estudos contam uma rica história em números e informações sobre o mercado das redes hoteleiras, desde 2003, data de sua primeira edição. O acesso a qualquer uma das edições é feito através do próprio site.