Publicidade
LG Eletronics

Encontro da Hotelaria Mineira debate retomada do setor

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 4 minutos

Marcos Valério Rocha e Maarten Van Sluys conversaram com mulheres de liderança do setor no Encontro da Hotelaria Mineira

Teve início na tarde desta quinta-feira, dia 20 de agosto, mais uma transmissão do Encontro da Hotelaria Mineira – Edição Virtual, tendo como anfitriões, Marcos Valério Rocha, Diretor regional da FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação; e Maarten Van Sluys, consultor hoteleiro com muitos anos de expertise e atuação no segmento. Valério deu início ao evento ressaltando os desafios que a hotelaria deve enfrentar para encontrar novamente o equilíbrio em sua operação. O Encontro da Hotelaria Mineira recebeu nesta edição, Silvia Angelica, Diretora do Instituto Senso de Minas Gerais; Ana Paula Rennó, Diretora operacional da Rede Class de Hotéis; Mara Costa, Diretora do Espaço e Pousada Lagos de Minas; e Andreia Rocha, Diretora executiva da Rede Victory de Hotéis.

Van Sluys explicou: “Estamos trazendo quatro mulheres líderes no segmento hoteleiro, onde a visão feminina é muito atenta as questões de segurança e limpeza, que a partir deste novo momento fará toda a diferença para o setor. Queremos ressaltar aspectos das mudanças que vamos assistir a partir deste momento. Precisamos resgatar valores, credibilidade e negócios para que a hotelaria continue tendo peso no negócio do Turismo”, disse o consultor.

Desafios da hotelaria

Ana Paula Rennó deu início do debate e detalhou a operação da Rede Class de hotéis e ações tomadas durante a pandemia. “A Rede Class iniciou na cidade de Guaxupé, com a segunda unidade em Passos, a terceira em Varginha e a quarta em Alfenas. Pouso Alegre e Rio Claro (SP), foram as seguintes. São Lourenço e Piracicaba são as mais recentes. Nossos hotéis permaneceram abertos e a unidade de Piracicaba inclusive, foi aberta durante a pandemia. O comércio lá está retornando agora. Na região de Minas, a única cidade na qual fomos obrigados a fechar foi Alfenas. Recorremos, mas o Prefeito apelou e acabamos fechando mesmo. Nos outros destinos, continuamos, mesmo com a baixa ocupação”, explica a gestora.

Publicidade
LG Eletronics – Meio

Hotelaria em Juiz de Fora versus pandemia

Andreia Rocha falou sobre a perspectiva dos hotéis em Juiz de Fora, no segundo semestre do ano. “Na verdade, aqui em Juiz de Fora, somente um hotel fechou por um tempo. Fechamos (Victory Hotéis) com média de 20% em julho e agosto começou a melhorar. A expectativa é de que seja bem melhor, embora devagar. Vemos o ano de 2021 com otimismo e o pior já passou”, observou Andreia.

Maarten Van Sluys é Consultor Estratégico Senior em Hotelaria (Foto: divulgação)
com larga experiência no segmento hoteleiro (Foto – Divulgação)

Maarten pontuou que Juiz de Fora é um destino consolidado no corporativo, com a Rede Victory sendo um dos nomes principais no protagonismo do segmento de eventos da cidade. Valério lembrou que Juiz de Fora foi cidade-sede de uma das edições do Encontro da Hotelaria Mineira. “Foi no Victory que aconteceu o nosso primeiro evento corporativo, edição Zona da Mata”, disse o Diretor.

Importância das parcerias

Maarten acrescentou, antes de chamar Mara Costa: “Tiradentes como polo gastronômico teve uma preocupação especial com a criação de protocolos para a retomada”. Segundo Mara Costa, “Nós estamos em Santa Cruz de Minas, o menor município em extensão de terra, entre São João Del Rey e Tiradentes em uma região com grande acervo arquitetônico e uma particularidade imensa de hotelaria. Tiradentes hoje possui um potencial de quase 300 pousadas com resorts entre outros. Santa Cruz possui sete pousadas e São João Del Rey também. Por decisão dos próprios comerciantes, Tiradentes fechou o comércio para a reinvenção em um destino seguro. Voltou a abrir tem cerca de 15 dias. Santa Cruz abriu na última semana. Mas temos um movimento muito grande em termos de hotelaria. São João Del Rey é posicionada na agronomia, e atendemos o agronegócio durante a semana, além dos eventos, atendimento do acervo e Universidade Federal de São João, com congressos e turismo de eventos. Com a pandemia ficamos fechados, especialmente Tiradentes e Santa Cruz. Mas contamos com muitas parcerias na preparação de novos protocolos e treinamentos que tornaram o destino seguro, recebendo o selo para abertura dos empreendimentos, o que está acontecendo agora. Foi um impacto forte, houve demissões, fechamento de empresas, entre outros. Nossos eventos estão parados, acredito que só deve voltar com força com a chegada de uma vacina, o que não impede a realização dos eventos híbridos, que se tornaram a tendência. Temos que aprender a viver nessa nova situação”, declarou Mara.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Ferramentas e talento humano

Silvia Angelica também compartilhou a sua visão acerca da pandemia e os efeitos que ela teve sobre a indústria hoteleira. “Paralela a minha atuação da hotelaria, tive a minha empresa, a Vision Hotelaria e o Instituto Senso, que agora é meu foco. Contando um pouco da minha trajetória, eu acompanho de perto com meu esposo Acácio, hoteleiro de longa data, como a pandemia afeta a hotelaria. O que quero trazer é a parte prática de resultados e eu tenho a honra de dizer que consegui trazer pessoas a frente da gestão de hotelaria. A experiência é proporcionada pelos colaboradores, então acho que o cuidado deve começar ai. O investimento de conhecer pessoas deve ser associado as ferramentas adequadas. Ferramentas que mensuram o desempenho do seu pessoal, e tragam uma orientação de onde cada talento é melhor aproveitado. Mapear equipes é o segredo. O desafio maior que todos estão vivendo é a questão de ser multi-tarefas com um quadro enxuto. É nessa hora que entro com o trabalho comportamental, pois nem todos os perfis de gestores sabem como lidar com cada pessoa e tirar dela o melhor resultado, fazendo com que o hotel atravesse esse período de forma eficiente e assertiva. O ritmo mudou e devemos aprender a tocar novos tons ou sair de cena”, opinou Angelica.

Publicidade
Dam Roupas

Comments

Avatar
Marcos Valério Rocha

Agradecemos a Revista Hotéis, pelo apoio na divulgação do Encontro da Hotelaria – Edição Virtual.
E parabenizamos pela qualidade editorial, que ao longo dos anos vem compartilhando informações e conteúdos relevantes aos empresários e profissionais da hotelaria brasileira.
Marcos Valério Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA