Publicidade
Trofeu fornecedor

Dez tendências que devem definir os rumos da hospitalidade em 2022

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

A pandemia COVID-19 impactou e mudou a indústria hoteleira para sempre. A EHL – Ecole hôtelière de Lausanne, tradicional universidade de hospitalidade, anuncia sua previsão para as tendências em ascensão que devem moldar a hospitalidade em 2022.

Publicidade
Faitec

À medida que a indústria global se adapta aos protocolos COVID-19, dois professores da EHL, Dr. Weisskopf e Dr. Masset, investigaram o que o próximo ano trará para o setor em constante evolução à medida que continua sua recuperação em meio à pandemia, se ajustando às novas demandas dos clientes. O novo ano que se aproxima traz uma nova direção para a indústria hoteleira. “Na EHL acreditamos que um aumento na conscientização do consumidor trará novas oportunidades e tendências à tona, particularmente para a sustentabilidade, saúde e bem-estar”, afirma o Dr. Jean-Philippe Weisskopf, Professor Associado da EHL. “Acredito firmemente que essa crise contenha oportunidades, e que as empresas capazes de se adaptar melhor ao “novo normal” terão grandes anos pela frente. Nosso papel na EHL é incorporar essas análises em nosso ensino a fim de preparar melhor os futuros líderes dessa indústria”, conclui o Dr. Philippe Masset, Professor Associado da EHL.

Tendências de hospitalidade para 2022:

1. Viajantes bleisure (lazer e negócios) e espaços de trabalho em hotéis

Com um modelo híbrido de trabalho, espera-se que o bleisure, definido como a prática de combinar trabalho e lazer durante uma viagem, aumente a popularidade ao longo de 2022. Os hotéis precisarão atender a essas demandas e necessidades.

2. Hospitalidade holística, saúde e bem-estar

À medida que a pandemia COVID-19 permanece, é evidente que as indústrias de saúde e bem estar continuarão presentes em 2022. Ao lado de medidas de saúde rigorosas para proteger os indivíduos do vírus, o setor de bem-estar continuará a ver alta demanda para curar a mente, corpo e alma através da hospitalidade holística.

Publicidade
Harus 1

3. Experiências digitalizadas dos hóspedes

Ao longo dos últimos dois anos, os serviços tradicionais voltados ao cliente tornaram-se contactless, como o check-in e check-out à distância e pagamentos sem contato a fim de reduzir a transmissão do vírus. À medida que a inovação tecnológica evolui, as instituições de hospitalidade precisarão se adaptar. O reconhecimento de impressões digitais ou facial em breve se tornará uma conveniência esperada para os hóspedes acessarem seus quartos de hotel.

4. Personalização

Como forma de melhorar a experiência dos clientes, a personalização é uma tendência que continua a crescer a cada ano em todo o setor hoteleiro. Ao aproveitar os dados dos clientes através do uso de dados, os estabelecimentos poderão criar ofertas personalizadas para torná-los relevantes e atraentes para os hóspedes existentes e potenciais.

5. Experiência: economia e minimalismo

Em 2022, especialistas preveem um aumento de viajantes que procuram gastar seu dinheiro com responsabilidade. Os hóspedes considerarão o turismo consciente e também procurarão experiências únicas que contribuam com a comunidade local ou economia circular.

Publicidade
Anufood

6. Estratégia de gestão de ativos

A prática de gestão de ativos dentro da indústria hoteleira evoluiu para um processo mais complexo de análise de dados e resultados operacionais. A separação entre gestão de operações hoteleiras e ativos imobiliários permite que as empresas se concentrem em seu modelo de negócio e melhorem a eficiência em todo o quadro.

7. Viagem solo

Após várias restrições, 2022 está programado para ver um aumento nas viagens solo, à medida que os indivíduos buscam liberdade e aventura à sua maneira. Estabelecimentos precisarão adaptar suas ofertas considerando opções para promover acolhimento e criar uma atmosfera informal.

Publicidade
Onity

8. Sustentabilidade

Os hóspedes considerarão a reserva através de operadores de viagens responsáveis ou estabelecimentos que visam manter e proteger o planeta. Além de participar de iniciativas comunitárias durante as férias – éticas e ambientais – considerações ecoconscientes serão decisivas  para tomada de decisões na gestão da hospitalidade.

9. Realidade virtual e aumentada

Tendo visto o sucesso de usar tanto realidade virtual quanto realidade aumentada, as empresas estão transformando suas experiências de viagem. Essa tendência deve aumentar e a indústria hoteleira precisará capitalizar recursos para promover passeios virtuais e criar um ambiente digital para os consumidores se imaginarem antes de reservar suas férias.

10. Viajando menos (Staycations)

Apesar da retomada das viagens internacionais, os requisitos de teste de COVID-19, protocolos de quarentena, aumentos nos preços das passagens e burocracia fizeram com que alguns viajantes considerasse viajar menos do que no período pré pandemia ou optassem por estadias por períodos mais longos. Além disso, os turistas também podem optar por se aventurar por uma viagem mais perto de casa por razões orçamentárias ou ambientais.

Publicidade
Altenburg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA