Publicidade
SPCVB

Desempenho dos hotéis de Salvador se mantém há cinco meses

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Dados são de pesquisa da ABIH-BA – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis seções Bahia e Brasil

No mês de setembro, os hotéis de Salvador registraram uma ocupação média de 60,05%, revelando crescimento sustentado desde maio. O avanço da vacinação, a gradual retomada dos vôos domésticos e as ações promocionais são os principais responsáveis pelo excelente desempenho que se aproxima do resultado alcançado em setembro de 2019 (60,15%), quando nem se imaginava a pandemia. Já em 2020, houve uma queda de mais da metade, chegando a 29,85%. O aumento da ocupação também se revela expressivo na comparação com o mês anterior, já que agosto obteve 45,68%.

Publicidade
Encontro da Hotelaria

O Presidente da ABIH-BA – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia, Luciano Lopes, explica que a melhoria na ocupação foi observada de forma indistinta entre todos os hotéis voltados para o público de lazer, independente da categoria. No entanto, os hotéis direcionados para o público de negócios ainda tiveram crescimentos tímidos, revelando as limitações observadas na retomada de viagens do segmento corporativo.

ABIH-BA participa do primeiro Road Show em Porto Alegre

O Presidente da ABIH-BA – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia, Luciano Lopes (Foto: Divulgação)

Segundo ele, “Refletindo essa expansão da demanda do público de lazer, verifica-se que as taxas de ocupação dos finais de semana (63,68%) têm ficado muito acima em relação aos dias de semana (58,73%), apontando a necessidade da retomada do turismo de negócios para que haja um equilíbrio no desempenho da hotelaria de forma geral e em todos os dias da semana”.

Publicidade
Soluções 1

A diária média dos hotéis também apresentou crescimento de 2,4% em relação ao mês anterior, situando-se em R$ 360,97 ou em R$ 269,28 se desconsiderarmos os hotéis de luxo (upscale). Já o Revpar atingiu R$ 216,75, enquanto em agosto ficou em R$160,95 e em setembro de 2020 com R$ 49,03.

De acordo com Luciano Lopes, o feriado, o início da primavera e a inauguração de novos atrativos turísticos na cidade, somam-se à vontade do público em visitar Salvador e descansar em algum equipamento de sua ampla rede hoteleira, a terceira maior do país.  “As expectativas para os próximos meses são as melhores, principalmente com a chegada do verão, mas é importante reforçar que a pandemia ainda não acabou e é essencial que todos mantenham os cuidados para evitar nova reversão do quadro que se mostra muito positivo”.

Em parceria com a Secretaria de Turismo da Prefeitura de Salvador (Secult), a ABIH-BA vem mobilizando seus associados promovendo Road Shows de divulgação do destino turístico junto aos principais mercados emissores do país. Com o objetivo de atrair turistas para a capital baiana, a ação será realizada em mais de 10 cidades do Brasil e da América do Sul, já tendo passado por Porto Alegre, Aracaju, Belo Horizonte, São Paulo, Campinas, Brasília e Goiânia.

Publicidade
Clima ao Vivo

Os números aqui divulgados são fruto da Pesquisa Conjuntural de Desempenho (Taxinfo), realizada pela ABIH, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – seções Bahia e Brasil. O levantamento é digital e os dados são fornecidos diariamente pelos hotéis ao Portal Cesta Competitiva. A média resultante constitui o indicador para avaliar a evolução da atividade de hospedagem na capital baiana.

Quer saber como foi a taxa de ocupação de salvador, diária média e Revpar desde 2012? Basta clicar aqui.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA