Publicidade
Retomada do turismo

Cresce demanda de internet na hotelaria em tempos de pandemia

Aumentar a capacidade dos meios de hospedagens é o desafio diário de gestores de TI de redes e provedores

Na recepção do hotel, o cliente chegava e se apresentava ao recepcionista, que dava as boas vindas e entregava a caneta com a FNRH – Ficha Nacional de Registro de Hóspedes para ele preenchê-la; depois entregava o mapa do hotel, marcando a localização do quarto e as principais atrações; e, finalmente – e não raramente –, apertava a mão do hóspede. A cena descrita atualmente não existe mais e continuará não existindo por um bom tempo. Aliás, a cena existe, com pequenas modificações, para o campo digital. Se antes da pandemia de COVID-19, a internet tinha uma enorme presença na administração hoteleira e junto aos clientes a lazer e corporativos, a rede agora, pode-se dizer, galgou novas e cruciais posições. É fundamental, por exemplo, para atender aos novos eventos híbridos e o bom funcionamento dos estúdios com este fim e para a realização de lives. Tudo por causa do distanciamento social e para evitar contato humano. Para estes novos desafios, os meios de hospedagem e as provedoras de tecnologia de internet tiveram de se mexer.

Publicidade
Equipotel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA