Publicidade
Trofeu Fornececor

Conheça as medidas da OYO para combater o COVID-19

Redução de salários, criação de um fundo e oferecimento de tarifas solidárias são algumas das ações que a OYO Hotels & Homes está fazendo, com o objetivo de cooperar com as autoridades contra a pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Nesse período difícil e sem precedentes, o CEO e Fundador do Grupo OYO Hotels & Homes, Ritesh Agarwal, decidiu renunciar a 100% de seu salário pelo resto do ano. Toda a equipe de liderança executiva da empresa adotou um corte voluntário de salário a partir de 25%, com muitos optando por um valor adicional sem limite e outros subindo até 50%, para permitir a boa performance da empresa. Isso entra em vigor em abril de 2020 e toda a empresa está engajada para minimizar o impacto desse período.

Publicidade
Unilever

Agarwal diz ainda que “estamos comprometidos com a luta contra o COVID-19 e tentaremos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para ajudar as pessoas, além de garantir o sucesso a longo prazo da empresa e nossa capacidade de continuar cumprindo nossa missão de oferecer os melhores espaços para todos, a preços acessíveis, globalmente”.

No Brasil, a empresa adotou uma série de medidas para garantir a saúde e a segurança dos funcionários, hóspedes e parceiros hoteleiros. Foi criado um Comitê de Crise, com reuniões diárias, para discutir os desdobramentos da pandemia e tomar decisões que podem minimizar o impacto do vírus não só para as pessoas, mas para o negócio como um todo.

Publicidade
Harus

Segundo o Diretor Geral da OYO Hotel & Homes no Brasil, Henrique Weaver, explica mais sobre o fundo criado pela empresa. “Todos nós enquanto funcionários da OYO sabemos o quanto o setor de hospitalidade está sendo afetado, pois vemos as consequências de perto. Então, espontaneamente foi criado um crowdfunding interno entre os colaboradores com o objetivo de apoiar os hoteleiros nesse momento tão difícil. A OYO dobrará o valor arrecadado reforçando o compromisso da empresa com o setor e com os parceiros”, finaliza o executivo.

Publicidade
Retomada do turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA