Publicidade
Pikolin

Comportamento de diferentes gerações numa empresa é debatido na Expo Hotel Búzios

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Começou agora à pouco a grade de palestras do terceiro e último dia da 2a edição da Expo Hotel Búzios que está acontecendo no Hotel Ferradura Resort, em Búzios, no Rio de Janeiro. E que tem a Revista Hotéis como Mídia Oficial. A consultora Alessandra Viana especialista da Mapie Especialistas Estratégicos em serviços debateu o tema “A Gestão hoteleira na nova sociedade. Estamos preparados para atender hóspedes e clientes de diferentes gerações”.

Alessandra expôs em sua palestra várias ferramentas de relacionamento que estão sendo utilizadas pelas empresas e identificou as situações que estão acontecendo com o advento das ferramentas on line que aumentou a conectividade das pessoas. “Nós não temos mais controle da imagem da nossa marca e os clientes vão procurar no comentário de outras pessoas postadas em mídias sociais referências das empresas. Garantir a qualidade na entrega dos serviços e produtos é a solução. No hotel onde o produto está na mão de uma equipe as mudanças podem afetar o ambiente de trabalho”, assegurou Alessandra.

Alessandra comparou o comportamento de várias gerações a Baby Boomers (filhos da segunda guerra mundial), geração X que são os filhos do Baby Boomers que inventaram a internet, a geração Y que ajudou a consolidar a internet e a geração Z (zaquiar) ou F do facebook. A geração Alfa que possui de zero a dois anos também foi apresentada e dela ainda não se sabe muitas coisas a respeito, mas Alessandra destacou que esta geração será essencialmente tecnológica. “É comum numa empresa reunir várias gerações com diferentes perfis e modos de comportamento e os maiores conflitos geralmente acontecem entre as gerações X e Y”, garantiu Alessandra.

Mas como gerir perfis tão diferentes no ambiente de trabalho e evitar conflitos. Alessandra disse que mesclar idades é a solução, pois quando se junta pessoas e idéias diferentes, surgem também respostas diferentes as perguntas e as gerações se completam.

No caso específico da hotelaria Alessandra analisa a situação como preocupante, pois as novas gerações são imediatistas em seus objetivos, não seguem regras e padrões e não querem trabalhar em finais de semana e feriados. “Entender as novas gerações é importante, pois elas vieram para ficar. Devemos promover a criação de vínculos, assim como conhecer, entender e tratar os conflitos para organizar o clima organizacional e valorizar a competência de cada geração. Feito o domínio da equipe, haverá uma qualidade melhor no serviço prestado em cada empresa”, concluiu Alessandra.

Se você estivesse nos seguindo pelo twitter teria recebido esta informação em tempo real. Venha nos seguir, acesse www.twitter.com/revistahoteis ou então pelo Facebook acessando nossa página através do link http://migre.me/4G5ac . Conheça também nossa página no Flickr acessando o link http://migre.me/4DT8x e no Tribt http://tribt.net/profile/revistahoteis

 

 

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA