Publicidade
Leceres

Com energia solar Jaguaribe Lodge e Vila Selvagem aplicam práticas ESG

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

A JMC, idealizadora dos hotéis Jaguaribe Lodge e Vila Selvagem, localizados no charmoso município de Fortim, no Ceará, acaba de dar mais um passo em suas iniciativas ambientais, a utilização de energia solar. A iniciativa soma as demais práticas ESG, que incluem reuso de água, redução de consumo de energia, incentivo a empregos, fornecedores e projetos sociais locais e a não utilização de plásticos. Os empreendimentos que sempre tiveram em suas propostas levar benefícios para o desenvolvimento do turismo e economia da região, considerando os três pilares ESG – Meio Ambiente, Responsabilidade Social e Governança.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

 

A iniciativa promove ainda mais a redução dos impactos ambientais, preservando a natureza e permitindo direcionar recursos a outros projetos. “Quando inauguramos o Jaguaribe Lodge, em 2017, apresentamos um projeto ímpar de preservação as belezas naturais do Ceará com o uso de madeira reflorestada, ventilação natural por muxarabis, palafitas suspensas para preservar as dunas e vegetação. A energia solar vem somar ao nosso principal objetivo, garantir que a natureza possa ser vivenciada por nossos hóspedes em todos os aspectos”, comenta Celian Chaufour, Sócio-fundador dos hotéis.

Publicidade
Faitec

 

Priorizar fornecedores locais, não apenas na aquisição de alimentos e bebidas, mas nas produções de peças de artesanato. Contratar profissionais da cidade, gerando mais oportunidades de emprego e aprendizado, são partes da essência da JMC. “O Vila Selvagem, nosso primeiro hotel no Fortim, tem 100% dos colaboradores locais. Nós acreditamos na capacitação e investimos nisso. Criamos até uma cozinha experimental, de onde sairão grandes chefs”, completa Celian. O uso de produtos biodegradáveis, e a troca de produtos de plástico para vidro, também trouxeram mais impactos positivos a estrutura hoteleira, refletida na percepção dos hóspedes e visitantes. Assim como o Dojô das Artes, projeto social criado pela JMC no vilarejo do Pontal de Maceió, direcionado a crianças e adolescentes no ensino de artes marciais e yoga.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA