Publicidade
Trofeu Fornececor

Chitra Stern, do Elegant Group, vem ao Brasil para divulgar novo hotel em Lisboa

Atentos ao ritmo crescente de investimentos realizados por brasileiros em Portugal nos últimos anos, o Elegant Group listou o Brasil como um dos mercados prioritários para o lançamento do Martinhal Residences, novo empreendimento do grupo no Parque das Nações, em Lisboa, Portugal. Assim, durante cinco dias Chitra Stern, fundadora e CMO do grupo estará no País pela primeira vez, ao lado da brasileira Thaya Marcondes, business development manager do Martinhal Residences, para reuniões de negócios.

Publicidade
RAP Engenharia

Ao todo foram €130 milhões investidos pelo Elegant Group em dois terrenos que totalizam 13 mil m² no Parque das Nações e abrigarão dois empreendimentos: um, com 12 andares, destinado a receber a sede da empresa Ageas Seguros; o outro, com 14 andares, um apart-hotel alto padrão denominado como Martinhal Residences. “Esse é o produto mais luxuoso que alguma vez já desenvolvemos, queremos muito avançar aqui com um produto topo de gama”, explicou Chitra Stern.

Luxury Villa Night (Foto: divulgação)

Localizado no bairro mais excitante e familiar de Lisboa, o Parque das Nações, o Martinhal Residences, previsto para ser entregue no início de 2022, possui 14 andares contemplados por estúdios a partir de 38m² até apartamentos de 196m² e quatro dormitórios, totalmente equipados com mobiliário e eletrodomésticos de elevada qualidade e cuidadosamente pensados para a comodidade do morador. Do 1º ao 4º andar, os apartamentos serão vendidos sob a opção de investimento do Martinhal, a partir do 5º andar, os apartamentos serão destinados a um proprietário que deseja morar no apartamento ou apenas usá-lo por períodos curtos ou mais longos. Projetado pelo aclamado arquiteto português, Eduardo Capinha Lopes, o empreendimento alia o luxo à funcionalidade e oferece todo o serviço de alto padrão da marca Martinhal como o Service Apartments by Martinhal com piscina, clube para as crianças, restaurantes, lavanderias, espaço de trabalho, concierge 24H, serviço de limpeza, de informática e de manutenção, tanto para a parte residencial quanto para os que opcionalmente irão usufruir dos serviços do hotel.

Publicidade
Harus

De acordo com pesquisa anual de tendência da PricewaterhouseCoopers (PwC) de 2019, a capital portuguesa lidera pela primeira vez o ranking das preferências do investimento e da promoção imobiliária na Europa. Para o Elegant Group o grande objetivo será o de vender apartamento exclusivos a estrangeiros com residência permanente que queiram utilizar as comodidades de um serviço de hotel altamente qualificado. Aos que não pensam em morar, o produto como investimento confere rentabilidade anual garantida de 4% sobre o preço de compra do imóvel durante os primeiros seis anos e todos custos ou encargos correntes sobre o imóvel estarão a cargo do operador durante todo o período vigente do contrato de arrendamento.

O Relatório do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) recém-divulgado, comprova que o número de estrangeiros residentes em Portugal aumentou 13,9% em 2018 e já se aproxima de meio milhão de pessoas com brasileiros sendo a maior comunidade estrangeira residente em Portugal, com 105.423 cidadãos – mais de um quinto do total. Na maré dessa mudança que o país está vivendo, o Elegant Group identificou uma carência no quesito educacional. “Não trabalhamos na área, mas notamos essa necessidade. Quando estrangeiros decidem morar em Portugal, buscam escolas com o mesmo nível que tinham no país de origem, assim muitos vão para o Estoril ou Cascais, então se desejamos que fiquem em Lisboa, precisamos criar oportunidades”, diz Chitra. E de fato foi criada, na Avenida Marechal Gomes da Costa, próximo do Parque das Nações, em um edifício que abrigava uma Universidade Independente, a United International School of Lisbon. Uma escola internacional com capacidade para 900 alunos que oferece desde o jardim de infância até ao 12º ano de escolaridade (K-12). O ano letivo inicia em setembro de 2020.

E não para por aí, eles pretendem disponibilizar também o Bacharelado Internacional (IB) como uma opção nos últimos dois anos de escola (11º e 12º ano). “Nossa intenção é trabalhar em conjunto com o Oceanário, Museu da Ciência e Companhia Nacional de Balé – Teatro de Camões, localizados a poucos minutos de distância, para oferecer mais benefícios aos alunos matriculados e gerar ainda mais usabilidade para os empreendimentos locais já desenvolvidos”, explica a executiva. Como inovar faz parte da cultura do Elegant Group, e de 2014 a 2016 foram criadas 700 empresas de alta tecnologia em Lisboa, as lideranças do grupo querem ir mais além e desenvolver o inovador conceito EduHub, um centro educacional que contempla a United International School of Lisbon e visa ser um espaço que fomenta a inovação, coworking, lean working, startups, entre outras iniciativas. O que nos faz lembrar que há pouco, o site Business Insider listou Lisboa como uma das possíveis cidades a se tornarem o novo “Vale do Silício”. Previsão esta já feita há mais de dez anos pelo casal de empreendedores, quando lançaram a expressão: #californiaofeurope.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA