HOME Matérias Aconteceu B&B Hotels reinaugura Hotel Presidente, em Uberlândia (MG)

B&B Hotels reinaugura Hotel Presidente, em Uberlândia (MG)

Esse é o quarto empreendimento da rede francesa no Brasil que possui quase 500 hotéis no mundo, com forte presença na Europa

582
0
SHARE
A edificação fica no centro de Uberlândia e numa região bem movimentada

Direto de Uberlândia (MG) – Foi apresentado agora a pouco para o mercado a nova unidade da rede hoteleira francesa B&B Hotels, que possui quase 500 hotéis em várias partes do mundo, principalmente na Europa. Trata-se do Hotel Presidente, em Uberlândia (MG), que foi inaugurado em 1964 pelo empresário e ex-prefeito de Uberlândia, Tubal Vilela da Silva que em razão da amizade com o ex-presidente da república Juscelino Kubitschek de Oliveira, deu o nome do hotel em sua homenagem. A edificação de 128 apartamentos foi por muitos anos sinônimo de luxo e riqueza dos visitantes da cidade e fica bem no centro da cidade. “Para atender aos padrões da B&B, foi necessário um investimento de R$ 3,5 milhões numa ampla reforma que contemplou todo o FF&E e isso incluiu: Pisos dos apartamentos (vinilico da São Carlos), restaurantes e áreas comuns, mobiliário na recepção (MW Móveis), colchão (Americanflex), enxoval de cama e banho (Teka), Tv´s (Panasonic) e cortinas (da empresa Cortinas A Janela). Os lustres são da Luminance, as cadeiras dos apartamentos da Rivatti e os banheiros teve piso cerâmico da Eliane, chuveiro da Hansgroe e acessórios da Metalworks/Crismoe. Coube aos investidores da Tubal Vilela aporte de recursos na troca de caixilhos e janelas acústicas, entre outros itens de conforto e segurança aos hóspedes. Tivemos cinco meses de obra com o hotel operando, sendo esse o grande desafio”, destacou a Diretora operacional Mônika Borges.

Mônika Borges: “Fazer essa ampla reforma com o hotel em operação foi um grande desafio”

Quem assinou o projeto de interiores foi o escritório do Arquiteto Thomas Michaelis. “Esse empreendimento demonstra a flexibilidade que a B&B tem de fazer conversões e entende que o importante é a proposta de custo benefício que entrega e não fica engessado num formato único”, destacou Michael Schnürle, Diretor de Desenvolvimento da B&B no Brasil.

Cidade estratégica de crescimento

Olivier Coustet, CEO no Brasil, destacou que a conversão desse empreendimento numa cidade polo e estratégica como Uberlândia, vai acelerar ainda mais os planos de crescimento no Brasil da B&B que possui uma liderança na Europa. “Estamos otimistas com a performance desse empreendimento e agradecemos aos investidores a confiança depositada”, disse Coustet.

No centro da foto, o investidor Tubal Siqueira ladeado a sua direita por Olivier Coustet, CEO no Brasil e a sua esquerda por Michael Schnürle, Diretor de Desenvolvimento da B&B no Brasil

Com essa conversão, o empreendimento passou a ser chamar B&B Uberlândia e representa a quarta operação do B&B no Brasil, tendo em vista que a B&B já possui uma unidade em São José dos Campos e recentemente abriu duas no bairro de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. “No próximo mês de novembro colocamos em operação uma unidade próxima ao Metrô da Estação da Luz, na capital paulista. E no ano que vem, mais duas unidades no Rio de Janeiro, sendo uma a conversão do antigo Hotel Aeroporto Othon que está em reforma e outra unidade em frente ao Norte Shopping. O objetivo inicial da B&B era o de atingir a meta de 1.000 quartos no Brasil até 2022, mas no próximo ano, essa meta já deverá ser conseguida”, assegurou Schnürle.

Michael Schnürle: “Estamos com uma expectativa boa de crescimento no Brasil diante das oportunidades apresentadas pelo mercado”

E ele já adianta as próximos cidades que terão a bandeira B&B no Brasil. Serão Presidente Prudente (SP) e Ponta Grossa (PR). “Faz todo sentido para a B&B investir no interior, já que nosso foco é oferecer hospedagem de qualidade a um bom preço em regiões economicamente importantes – tanto para quem viaja a trabalho como a lazer. Estamos trazendo ao Brasil os mesmos padrões e conceitos estabelecidos na rede internacional, com o objetivo de oferecer um preço justo, garantindo hospedagem para viajantes a trabalho e a lazer que estejam em passagem pela cidade e que dão prioridade ao bom custo-benefício. Oferecemos tudo e somente o que o hóspede necessita quando está a trabalho numa curta estada pelo melhor preço possível. Essa proposta tem atraído muitos os fundos de investimentos imobiliários, pois o modelo de negócios é muito interessante a eles”, concluiu Schnürle.

No centro da foto, Laura Martins, Gerente geral do B e B Uberlândia ladeado a sua direita por Tubal Siqueira e por Rogério Nery, os investidores do empreendimento

Taxa de 100% de ocupação

Laura Martins é quem está gerenciando esse empreendimento que na visão de Rodrigo Tort, Gerente de Trade & Marketing, terá uma boa performance lembrando que cinco dias do último mês de setembro, mesmo com o hotel finalizando as obras, já alcançou 100% de ocupação. “Estamos trabalhando com diária média em torno de R$ 145,00 sem café da manhã e devemos chegar no início de 2020 com diária de R$ 155,00 e taxa de ocupação em torno de 65%. Para isso, contamos com a relação preço e qualidade, que são dois fatores importantes para poder se posicionar de forma bem competitiva e trabalhando forte o público corporativo. Já temos contas como Algar e Martins e certamente outras grandes contas corporativas virão”, garante Tort.

A esquerda da foto, Rodrigo Tort com os executivos da Algar, Lais e Lucas Santos

A reportagem da Revista Hotéis viajou a Uberlândia a convite da B&B Hotéis para cobrir a reabertura desse empreendimento.

Confira alguns ambientes desse hotel.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image