HOME Matérias Investimentos B&B Hotels investe R$ 150 milhões em novas unidades no Brasil

B&B Hotels investe R$ 150 milhões em novas unidades no Brasil

532
0
SHARE
Fachada do hotel B&B de São José dos Campos, interior de São Paulo - Foto: divulgação

A B&B Hotels acaba de anunciar seu planejamento para o Brasil nos próximos três anos. As cidades escolhidas para receber cinco novas unidades do grupo francês são, respectivamente, São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Presidente Prudente (SP), Ponta Grossa (PR) e Florianópolis (SC). A rede já conta com empreendimentos funcionando em São José dos Campos (SP) e em Uberlândia (MG). Até o final de 2022, somando-se a essas duas, serão ao todo mil quartos oferecidos nas sete unidades, totalizando investimentos de cerca de R$ 150 milhões.

Mais da metade dos locais pretendidos pela B&B Hotels estão fora de capitais. De acordo com o Diretor de Desenvolvimento, Michael Schnürle, o potencial de hotéis econômicos, especialidade da B&B Hotels, não está somente nas grandes cidades, mas também em municípios secundários. “Faz todo sentido para a B&B investir também no interior, já que nosso foco é oferecer hospedagem de qualidade a um bom preço em regiões economicamente importantes – tanto para quem viaja a trabalho como a lazer. A cidade de Presidente Prudente, por exemplo, é um dos principais polos industriais, culturais e de serviços do Oeste de São Paulo”, afirma Michael.

Florianópolis, apesar de ser um destino tradicional de lazer, também apresenta uma demanda importante de negócios, o que interessa à B&B Hotels. Ao contrário dos hotéis e resorts direcionados ao público de lazer, a nova unidade estará localizada no centro da cidade, próximo a hospitais e concentrações de escritórios. Isso amplia a oferta para quem viaja e precisa atender compromissos em outros pontos da capital catarinense.

Conceito “econochic” importado da Europa

Trazendo ao Brasil os mesmos padrões e conceitos estabelecidos na rede internacional, a B&B tem como objetivo oferecer um preço justo, garantindo hospedagem para viajantes a trabalho e a lazer que estejam em passagem pela cidade e que dão prioridade ao bom custo-benefício.

De origem francesa, a rede foi criada em 1990 e tem como conceito a estrutura “econochic”, que foca em oferecer modernidade e serviços efetivos. São hospedagens econômicas com design e qualidade, que oferecem, com qualidade, aquilo que é essencial aos hóspedes: camas confortáveis, conforto acústico e térmico, Wi-Fi rápido e um bom café da manhã.