Publicidade
Pikolin

Apoiadora do Unidos Pela Vacina, Aviva entrega refrigerador para Rio Quente

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Comprometida com a saúde e apoiadora do movimento Unidos Pela Vacina, a Aviva, detentora do Rio Quente Resorts e Hot Park, realizou nesta segunda-feira (02) a entrega de um refrigerador para o município de Rio Quente para armazenamento de vacinas.

Publicidade
Altenburg

O evento aconteceu no Posto de Saúde da Prefeitura, e contou com a presença da Prefeita de Rio Quente, Ana Paula Lima; Márcio Pazelli – Vice-Prefeito; Tarine Almeida – Coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica; João Paulo Moreira – Secretário de Saúde; Wellington Ditim – Presidente Câmara Municipal; dos vereadores Romildo Tobias, Lucielly Rosa, Brunes Cezar, Galdino Montes; dos representantes da Aviva: Munir Calaça, Gerente Experiência Relações Institucionais, e Neide Tavares, Gerente Experiência Meio Ambiente; e de Helena Ribeiro – uma das líderes do Grupo Mulheres do Brasil em Goiás e Representante do Unidos Pela Vacina.

Publicidade
Equipotel 2021

Munir Calaça, Gerente Experiência Relações Institucionais da Aviva, comenta que: “Desde o início da pandemia, temos unidos esforços com outras instituições e movimentos, como o Unidos Pela Vacina, para ajudarmos o nosso município. Já fizemos doações de medicamentos, UTIs, e agora podemos celebrar a chegada desse refrigerador para armazenamento das vacinas”, afirma.

Para Helena Ribeiro, à frente do Unidos Pela Vacina no Estado e uma das líderes do Grupo Mulheres do Brasil em Goiás, é preciso acelerar a vacina no município. “Rio Quente é uma cidade com 4 mil habitantes, totalmente turística e que recebe pessoas de todos os lugares do país. Temos que ajudar nesse processo para acelerar a vacinação na cidade, que até o momento só recebeu 1,5 mil doses. Agora, com o refrigerador doado pela Aviva e o carro freezer adesivado para transportar tudo com maior segurança, agilidade e acondicionar de forma mais apropriada outras vacinas, como Influenza, gripe, etc.”, diz.

Publicidade
Engie

As empresas e entidades doadoras do movimento Unidos Pela Vacina possuem historicamente trabalhos de desenvolvimento social, e todas têm contribuído de forma efetiva para que a vacinação esteja ao alcance de todos os brasileiros, com a meta de termos todos vacinados até setembro deste ano, ao menos na primeira dose.

Unidos Pela Vacina

Iniciado em Goiás em Março deste ano, tendo como primeira fase uma pesquisa junto aos 246 municípios goianos, através das secretarias de saúde e prefeitos, o Movimento Unidos Pela Vacina no Estado conta atualmente com 23 empresas e entidades madrinhas, que assumiram a responsabilidade em doar os itens apontados como estruturantes para acelerar e apoiar a vacinação contra a Covid19.

Publicidade
SPCVB

Fazem parte das empresas doadoras: BRK Ambiental, Cifarma, BRFoods, BP Bunge, Aviva Algar FLC, ABRASCE, Instituto Alok, SICREDI Brasil Central, SICOOB Unicentro, Grupo Otávio Lage, Anglo American, SIFAEG, Cia Hering, Colégio Notarial do Brasil- Seção Goiás, Grupo Saga, J. Assy, Grupo Jalles Machado, RG Log, Pif Paf, FUNDEPE, Grupo Tabocão.

Ao todo, as doações estão estimadas em torno de um milhão de reais e irão dotar os 246 municípios do Estado em itens como câmaras frias, caixas coletoras, caixas térmicas, algodão, papel toalha, termômetros clínicos e para equipamentos de refrigeração, jalecos, álcool em gel dentre outros, totalizando mais de 33 mil itens.

Unidos Pela Vacina em Goiás

O Movimento que é nacional, liderado por Luiza Helena Trajano, também Presidente do Grupo Mulheres do Brasil, está presente em todos os Estados da Federação e através de empresas madrinhas e voluntários. O Unidos Pela Vacina atua em apoio aos governos federal, estaduais e municipais, através do sistema SUS, como complemento para que as vacinas cheguem aos braços de todos os brasileiros.

Publicidade
Simmons

Os princípios do movimento são acelerar a vacinação, combate às fakes News que descredibilizam as vacinas e causam receios infundados na população; o esclarecimento contínuo da importância de se vacinar – para que tenhamos redução drástica nos óbitos, que infelizmente já fez mais de 557 mil vítimas e redução significativa da ocupação dos leitos de UTI’s.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA