Publicidade
Encontro da Hotelaria Mineira

Altenburg investe em expansão e inaugura nova fábrica no Nordeste

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Dentro do plano de expansão e para atender à demanda de mercado, a empresa catarinense, Altenburg, inaugura neste  mês  uma nova fábrica, na cidade de Nossa Senhora do Socorro, em Sergipe. A escolha pelo estado de Sergipe deve-se à logística, boa mão de obra e incentivos fiscais.

Publicidade
Altenburg

A empresa, que tem em seu DNA a sustentabilidade, apostou forte na nova unidade Nordeste, onde atua desde 2009. A fábrica atual tem 7,5 mil m² e a nova planta passará a contar com 18 mil m² de área construída, com muita área verde e melhor aproveitamento dos espaços, trazendo a natureza para o dia a dia dos colaboradores. Para Roberto Carlos Zamprogna, Gerente responsável pela unidade, a nova fábrica, além de ser mais sustentável, segue os preceitos de boas práticas investindo em espaços de lazer para os colaboradores. “A Altenburg, investiu em muitas áreas de convivência como, por exemplo: um refeitório moderno, quiosques para descanso, quadras esportivas e espaços com churrasqueiras. Áreas verdes também foram projetadas ao redor da fábrica e tornarão o dia-a-dia mais agradável e aconchegante. Queremos, cada vez mais, que nossos colaboradores possam vivenciar todos os conceitos que entregamos aos nossos clientes”.

Publicidade
Pikolin

Para Tiago Altenburg, Diretor comercial e neto da fundadora da empresa, a nova unidade vem para agregar mais valor pela responsabilidade ambiental e social e será referência para todas as outras quatro unidades. “Acreditamos que, quando investimos em ações sustentáveis, demonstramos estar preocupados com as futuras gerações e contribui para a valorização da nossa marca e estimula um pensamento mais otimista e solidário” conclui Tiago. Atualmente, a fábrica tem cerca de 230 colaboradores e com o novo espaço pode chegar a 400. Esta operação amplia as linhas de produtos de edredons, colchas, roupas de cama, protetores, travesseiros e toalhas felpudas. Na nova fábrica a empresa investiu mais de 30 milhões que pode gerar um faturamento de 100 a 200 milhões nos próximos anos.

Publicidade
SPCVB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA