Turismo & HospedagemÚltimas Notícias

Alagoas investe no turismo para manter crescimento econômico

O segmento hoteleiro é um dos mais beneficiados com a construção de 16 empreendimentos a serem entregues até 2025

O turismo em Alagoas cresceu de 2022 para 2023 acima da média nacional, segundo dados da Fecomércio/SP. Enquanto no País o segmento teve um crescimento de 11,5%, no estado o aumento foi de 16,3%. O turismo já é o segundo maior segmento da economia local, com geração de emprego e renda. De acordo com a Tendências Consultoria, 8,2% das pessoas em Alagoas estão ocupadas com o turismo − segunda posição no Brasil, atrás apenas do Rio de Janeiro.

Publicidade
Harus

E diante das oportunidades, o estado está concentrando ações e recursos para ampliar ainda mais essa atividade. O aeroporto de Maragogi, no Litoral Norte do Estado, destino conhecido por suas praias e resorts está com obras em ritmo acelerado. O primeiro trecho será entregue ainda este ano, e as obras totais devem ser terminadas em 2025. Os investimentos no aeroporto são originados de recursos próprios do Tesouro Estadual. A expectativa é de que o novo equipamento irá fortalecer a atividade turística em todo o estado, contando com terminal de embarque e desembarque de passageiros, pista de pouso e decolagem de 2.200 metros e pátio para abrigar duas aeronaves simultaneamente.

Publicidade
Clima ao Vivo
O primeiro trecho do Aeroporto de Maragogi será entregue ainda este ano, e as obras totais devem ser terminadas em 2025 – . Crédito: Thiago Monteiro / Agência Alagoas
Publicidade
Desbravador

Vários destinos turísticos

O turismo alagoano abrange a própria capital Maceió e as praias ao Sul e ao Norte dela. Inclui os cânions do Xingó, no São Francisco, com suas águas cristalinas. Já a Rota do Cangaço, que percorre lugares históricos por onde passaram Lampião e seu bando, revela cenários encantadores da Caatinga. Penedo, conhecida como “Ouro Preto do Nordeste”, apresenta ao viajante suas construções barrocas. E União dos Palmares leva o turismo ao tempo dos Quilombos de Zumbi em uma aula de História do Brasil. Alagoas oferece todos esses cenários para ampliar a oferta turística. Seus investimentos encontram um sólido crescimento de visitas nacionais e estrangeiras.

A demanda turística cresce em ritmo acelerado e acima da média nacional, enquanto a oferta hoteleira, gastronômica e de serviços em geral se consolida de forma variada nas cinco regiões (Litoral Norte e Sul, capital e região, Cânions do São Francisco, Agreste, Quilombos e Caatinga).

Por do sol na região dos Cânions do São Francisco, uma das novas fronteiras turísticas de Alagoas. Crédito: Agência Alagoas
Publicidade
Ameris

Crescimento do setor

  • Em 2023: mais de 2,3 milhões de turistas chegaram por via aérea.
  • 10 mil estrangeiros − maior número dos últimos sete anos.
  • Em janeiro e fevereiro de 2024: 99% de crescimento, sobre o mesmo período de 2023, na quantidade de turistas de outros países que chegaram ao Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares.
  • A malha aérea disponível cresceu 16% no primeiro trimestre de 2024 em comparação com o mesmo período de 2023.

Há também um forte trabalho de relacionamento institucional com operadoras turísticas de todo o País, com foco no mercado doméstico. Em 2024, aumentou em 11,5% o número de turistas vindos de outros estados brasileiros para Maceió.

Publicidade
Equipotel

Hospedagem

  • Mais de 45 mil leitos em mais de 900 hotéis e pousadas.
  • 4 mil leitos a mais ainda em 2024.
  • 16 novos empreendimentos a serem entregues até 2025.

Entre 2015 e 2022, a oferta de leitos já havia dobrado, com lançamentos inclusive no período pandêmico da COVID-19. Esse número continua a crescer de forma sustentável, em torno de 10% ao ano, de acordo com dados da Secretaria de Turismo de Alagoas.

Destinos para cruzeiros marítimos

Alagoas também é destino para cruzeiros marítimos.

O governo do estado é player ativo nessa expansão e se coloca como um parceiro estratégico do setor com investimentos para a realização de obras de infraestrutura para empreendimentos hoteleiros, com incentivos locacionais, ampliação considerável da rede viária de acesso aos mais diferentes locais, melhorias estruturais em saneamento e transporte, além de oferta de terrenos em regiões que ainda podem ser ocupadas pelo turismo.

Publicidade
Anuncie conosco

Edgar J. Oliveira

Diretor editorial - Possui 31 anos de formação em jornalismo e já trabalhou em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já foi Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA