Publicidade
Equipotel

Aeroporto de Salvador é o primeiro do País a implantar usina solar

O Salvador Bahia Airport, integrante da rede VINCI Airports, está instalando uma usina solar na cabeceira da pista do Aeroporto. A iniciativa é pioneira e o Salvador Bahia Airport se torna o primeiro do País a contar com uma usina solar abastecendo o Terminal.

Após entrar em pleno funcionamento, a usina solar vai suprir mais de 30% do consumo atual do terminal de passageiros – isso equivale ao necessário para abastecer 3.800 casas populares. A usina vai diminuir ainda em 30% a pegada de carbono do Aeroporto, o que equivale a 690 toneladas ao ano.

Publicidade
Totaline

O Gerente de Meio Ambiente do Salvador Bahia Airport, Rodrigo Tavares, destaca que “Temos um sólido compromisso com o desenvolvimento sustentável, que orienta todas as nossas ações. Investir em novas tecnologias, aprimorar nossos processos e engajar nossos colaboradores em prol da sustentabilidade são pilares que fazem parte do compromisso da VINCI Airports”.

O Coordenador de Instalações do Aeroporto, Frederico Mascarenhas, explica que os painéis solares instalados contam com uma tecnologia que reduz a reflexão, o que evita qualquer tipo de interferência com as aeronaves, e são capazes também de suportar fortes ventos. “As obras estão a todo vapor e a usina entrará em operação na segunda quinzena de fevereiro”, afirma.

Publicidade
Retomada do turismo

A utilização de energia solar no Salvador Bahia Airport integra o seu compromisso com a sustentabilidade, alinhado à Air Pact, estratégia ambiental global da rede VINCI Airports, e representa uma oportunidade de economia no consumo de energia elétrica do terminal. Outros aeroportos do grupo como o Nuevo Pudahuel, em Santiago no Chile, já realizam a captação de energia solar e aplicam no dia a dia das suas operações.

Publicidade
Harus

A construção da usina solar atende ainda a um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do Milênio, agenda global da Organização das Nações Unidas para um mundo melhor do ano de 2030. A meta se refere à ampliação do acesso a energias limpas e sustentáveis.

Publicidade
RAP Engenharia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA