HOME Matérias Responsabilidade socioambiental Accor promoveu plantio de árvores na Serra da Canastra (MG)

Accor promoveu plantio de árvores na Serra da Canastra (MG)

49
0
SHARE

Nos dia 21 a 24 de fevereiro a rede hoteleira francesa Accor levou  cerca de 40 colaboradores para o plantio de árvores no Parque da Serra da Canastra, em Minas Gerais, como ação do programa  Plant for the Planet: Billion Tree Campaign, da ONU, da qual a Rede é signatária desde 2008. A iniciativa é parte de um acordo que a Accor global firmou com a Organização no qual o grupo se comprometeu a estabelecer políticas de meio ambiente e incentivar que seus hóspedes refletissem antes de impactar o planeta com escolhas simples, como a economia de recursos naturais por meio do reuso de toalhas.

 

Metade das economias em lavanderia obtidas são revertidas ao financiamento do plantio de árvores, orquestrado pela ONG Nordesta, parceira da Accor no projeto de reflorestamento no Brasil. A ideia é promover a recuperação de áreas de preservação permanente e proteger a biodiversidade no Estado de Minas Gerais. Até o momento, a Accor América Latina, com a adesão de seus clientes, financiou cerca de 300 mil árvores. Desta forma, a empresa ajudou a reflorestar as margens do rio São Francisco, desenvolver a apicultura com abelhas nativas e formar a população local para uma gestão sustentável da madeira.

 

A Gerente de desenvolvimento sustentável da Accor para a América Latina, Julia King, afirma que 90% dos hotéis da Rede no país já aderiram ao programa. “Os colaboradores são orientados e treinados nas unidades a incentivar e colocar em prática o reuso das toalhas. A viagem à Serra da Canastra busca tangibilizar a contribuição destas arrumadeiras ao projeto de reflorestamento e fomentar o compromisso das equipes no reporte adequado da reutilização de toalhas. O resultado é surpreendente”, explicou.

 

No mundo, esta iniciativa já resultou no plantio de mais de 2 milhões de árvores em 7 regiões (Austrália, Brasil, Estados Unidos, Indonésia, Romênia, Senegal e Tailândia). A ONG Kinomé, dedicada a restaurar e proteger as florestas do mundo todo, é responsável por acompanhar e avaliar o progresso e a qualidade do projeto, graças a auditorias em terreno, e sempre em contato com as ONGs locais, como a Nordesta no Brasil.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image