Publicidade
Soluções RH

Acácio Pinto assumiu a diretoria executiva da Royal Hotéis

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Exclusivo – O executivo Acácio Pinto, deixou a diretoria de operações da Vert / Atlantica Hotels International e começou hoje um novo desafio profissional em sua carreira. Retornou a rede por onde já trabalhou há 18 anos atrás, assumindo a diretoria executivo da Royal Hotéis, uma tradicional rede hoteleira mineira, que conta com quatro unidades em Belo Horizonte e uma na capital paulista. Depois que deixou a Royal Hotéis, Acácio seguiu carreira de sucesso na Accor, hotel Ouro Minas, foi um dos fundadores da Rede Vert Hotéis que fez uma aliança com a Atlantica Hotels. “Depois de 18 anos, volto a minha velha e boa casa a Rede Royal Hotéis, desta vez com uma missão bastante clara e estratégica. Ajudar a rede a aproveitar as oportunidades que estão surgindo, pois o mercado está carente de empresas que de fato saiba administrar na adversidade, que sejam leves, trate cada empreendimento de maneira personalizada e entenda qual é o potencial daquele hotel. Para isso, a Royal Hotéis que tem um histórico de mais de 50 anos e a partir de 1998 exatamente durante minha estada, a equipe deixou de ser apenas uma empresa de hotéis patrimoniais e entrou no mercado de incorporação, construção e administração por meio da Royal Towers”, destaca Acácio.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Ele volta a trabalhar agora com a nova geração de executivos da família Kuperman que comanda a rede Royal Towers, representada por Izabella e Ilan Kuperman. “Com a experiência de ter aberto 23 hotéis nos últimos sete anos, volto a minha antiga casa com uma proposta muito clara. Tornar a Royal Towers uma administradora com capilaridade e abrangência nacional, aproveitar tudo que esta empresa construiu de extraordinário nos últimos tempos, seja na área de processos e qualidade com o GP&Q “Gestão de Processos e Qualidade” e nas conceituações de suas três Marcas/Bandeiras. É gratificante ver o quanto a terceira geração se preparou para assumir os cargos que ocupam, passaram por todos processos sucessórios na Fundação Dom Cabral e estão colocando na prática cada ensinamento, metodologia de planejamento estratégico aplicando de maneira rápida e assertiva o legado dos mestres”, lembra Acácio.

Publicidade
Tramontina

Acácio Pinto assumiu a diretoria executiva da Royal Hotéis

A rede Royal Hotéis conta com quatro unidades em Belo Horizonte e uma na capital paulista

Publicidade
Simmons

Oportunidades mapeadas

Ele informa que já mapeou os principais destinos que pretendem atuar, o segmento no qual vão investir tempo e recursos, quais os tipos de administração/serviços irão prestar e tudo isso com base no know how que Royal Towers acumulou nos últimos anos. “Neste primeiro momento iremos focar no segmento de administração como sócio ostensivo ou com contrato de simples administração com CNPJ do empreendimento. Em breve vamos entrar com franquia em especial da bandeira/Royal Design que atua no segmento budget premium com as operações pautadas pelo essencial. Lembrando que temos ainda a bandeira Royal Boutique para o segmento luxo e a Royal Convention para empreendimento onde os principais clientes são os eventos, sendo eles de lazer ou corporativo”, revela Acácio.

Acácio Pinto assumiu a diretoria executiva da Royal Hotéis

O Royal Boutique Savassi é uma das unidades da rede em Belo Horizonte – Foto – Divulgação

Finalizando, ele lembra que o grupo conta com um leque de empresas as quais tem a capacidade e expertise de cuidar de todo o processo “da construção à operação”. “A Construtora Know How nos últimos 40 anos, construiu e entregou mais de 30 empreendimentos no Brasil e nos Estados Unidos, e, está mais que nunca na ativa para iniciar obras do zero ou retomada de obras. A incorporadora Know How também está na ativa e com muito mais experiência e capacidade, todos os empreendimentos sejam eles de hotelaria, residencial ou comercial teve a montagem executada pela Royal e obviamente a  operação hoteleira é o nosso foco. Hotelaria é diferente da maioria dos negócios, onde não é possível rotular, engessar e operar sem olhar para as particularidades, é natural que na mesma praça tenha dois hotéis com públicos totalmente diferentes e que em termos de categoria querem a mesma, mas em termos de serviços e atrativos querem coisas muito diferentes”, concluiu.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA