HOME Matérias WTC de SP registra alta em 2015 e estuda levar modelo a...

WTC de SP registra alta em 2015 e estuda levar modelo a mais cidades

17
0
SHARE
O complexo WTC abriga o Sheraton São Paulo WTC Hotel, o WTC Events Center, o WTC Business Club e o D&D Shopping - Crédito da foto - Divulgação WTC

O complexo World Trade Center de São Paulo, localizado na zona Sul da capital paulista, pode ser construído em mais cidades brasileiras. O complexo pretende  levar seu modelo com hotel, espaço para eventos e serviços a outra regiões do país, já que se consolidou no mercado do turismo de negócios, como uma opção segura e completa. O diretor executivo do WTC Hotelaria, João Nagy, explica que, apesar de não existir um projeto finalizado, já existem estudos nas cidades de Belo Horizonte (MG), São José dos Campos (SP) e Goiânia (GO). “Mas tudo depende das facilidades que encontremos com as autoridades locais”, enfatiza.

O complexo abriga o Sheraton São Paulo WTC Hotel, o WTC Events Center, o WTC Business Club e o D&D Shopping, o que possibilita ofertar aos visitantes mais opções de serviços, encontros de negócios, eventos, turismo e até mesmo de lazer.

Em 2015, WTC Events Center – um dos maiores atrativos do complexo – registrou alta de 4% na demanda, chegando a mais 900 encontros nas salas e no centro de convenções.

A alta no WTC Events Center também contribuiu para o crescimento de 5% na taxa de ocupação do Sheraton WTC. Com os eventos, não apenas o Sheraton, mas toda a região da Berrini lucrou: “Os hotéis da redondeza também tiveram uma procura por causa dos eventos”, afirma Naggy.

Em 2016, o primeiro passo será a otimização dos serviços. Cerca de R$ 10 milhões serão investidos em tecnologia. O diretor executivo adianta que novos equipamentos para reduzir o tempo de montagem de eventos e sistema de check-in online serão algumas das novidades deste ano. “O hóspede vai imprimir como se fosse um bilhete aéreo que pode ser escaneado, sem precisar passar pela recepção”. Com essas e outras estratégias, a expectativa é de crescimento, podendo chegar a 15% da receita em 2016.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image