HOME Matérias Voos internacionais fretados para o Brasil têm alta de 16% em fevereiro

Voos internacionais fretados para o Brasil têm alta de 16% em fevereiro

Embratur constatou o crescimento em relação ao mesmo período de 2017

89
0
SHARE
Os voos charters para o Brasil, registrados neste mês de fevereiro, são oriundos de vários países

O número de voos charters internacionais para o Brasil cresceu 16% em fevereiro de 2018, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2017, a Embratur — Instituto Brasileiro de Turismo registrou 160 voos fretados e, este ano, foram 185. Os dados são da Análise da Malha Aérea Internacional da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística do Instituto, preparada mensalmente a partir de informações fornecidas pela ANAC — Agência Nacional de Aviação Civil e companhias aéreas.

Para Vinicius Lummertz, Presidente da Embratur, esse tipo de voo responde não só pelo incremento do turismo e aquecimento da economia, como também pelo aumento do total de visitantes nos destinos brasileiros. “Além disso, os voos fretados se apresentam como alternativa confortável para os turistas internacionais. Esse viajante é qualificado, normalmente não vem sozinho e usualmente está com a família”, afirma.

Vinicius Lummertz: “Esse viajante é qualificado, normalmente não vem sozinho e usualmente está com a família” – Crédito da foto – Divulgação

A análise mostra, ainda, que houve um aumento no número de assentos, passando de 26.258 para 29.371. Os voos charters para o Brasil, registrados neste mês de fevereiro, são oriundos de países, como Argélia, Argentina, Chile, Cuba, Espanha, Cabo Verde, Estados Unidos, Polônia, República Dominicana e Uruguai. Em comparação ao ano anterior, também houve aumento na procura de novos mercados. Em fevereiro de 2017, os fretados vieram da Argentina, regiões do Caribe (Curaçao e Lamentin), Chile, Paraguai e Uruguai. “A ampliação de ofertas de voos internacionais é um dos principais pontos da agenda governamental da Embratur e do Ministério do Turismo. Os dados mostram oportunidade de crescimento para o turismo internacional. A aviação é um elemento essencial para a atração de turistas e o Brasil é um destino de longa distância para a maior parte dos principais emissores de visitantes no mundo, por isso a importância de se oferecer diferentes opções”, constata Lummertz.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image