HOME Matérias Especial Tuti Hotéis expandirá seu portfólio

Tuti Hotéis expandirá seu portfólio

O objetivo é administrar 10 novos hotéis até o final do próximo ano

954
0
SHARE
Vista do interior do Thermas de Olímpia Resort

Com cinco anos no Brasil, a bandeira Tuti Hotéis, do casal de empresários de Olímpia, Iscilla e Caia Piton, tem planos de expandir o seu tamanho no País em 2017 e 2018, com 10 novos hotéis. A estratégia para isso é bem clara: Assumir a conversão de bandeiras de hotéis menores e independentes, que estão em busca pela diferenciação e competitividade e, consequentemente, melhores resultados de ocupação.

A bandeira Tuti se consolidou no mercado por administrar o condo-hotel Thermas de Olímpia Resort, em Olímpia, que havia sido deixado pela antiga administradora, com dívidas judiciais de R$ 35 milhões ainda em cobrança. Hoje entre o parque hoteleiro de Olímpia, o Tuti Resort é o único com rendimentos estáveis para os investidores e ocupação mensal, em média, de 74%.
O empreendimento é alavancado pelo sucesso do Parque Aquático Thermas dos Laranjais – o mais visitado na América Latina e o quinto no mundo, com cerca de 1,8 milhão de visitante anuais.

Hotéis de Negócios

O casal de
empresários Caia e Iscilla Piton, Diretores da Tuti Hotéis

Nesta nova fase da bandeira, o foco são empreendimentos de negócios. Os dois primeiros hotéis convertidos para a bandeira Tuti são o Jupiá, em Três Lagoas (MS), e o tradicional Hotel Bororo, em Rondonópolis (MT). Dois novos projetos já vão sair papel, um em Rio Verde (MS) e outro em Araraquara (SP). Todos eles no conceito de long stay. “A ideia é oferecer hospedagem diferenciada por um preço econômico para atender aos executivos que necessitam permanecer em um destino por um longo período, com apartamentos funcionais bem mobiliados. As cidades escolhidas para essa expansão estão em crescimento ou recebem muitos profissionais vindos a trabalho e que têm poucas opções de hospedagem”, afirma o Diretor-presidente da Tuti, Caia Piton.

Os principais diferenciais da bandeira Tuti são a inovação, criatividade e profissionais com multifunções. Só para se ter uma ideia, o Tuti Resort trocou a tradicional recepção de hóspedes por check-in eletrônico, que se assemelha aos de companhias aéreas, e eliminou o tradicional Pabx. A comunicação agora com os hóspedes é feita por WhatsApp, com números exclusivos para a portaria, governança e vendas. “Pensamos em inovações desde o simples caldo quente que oferecemos aos nossos hóspedes (hotéis Jupiá e Bororo) todas as noites até uma praça de food truck e um parque de diversão. São atrativos que fidelizam os hóspedes e garantem a propaganda boca a boca”, afirma Caia.

Tuti Resort
“Não somos um hotel. Somos um centro de utilidade e entretenimento”. Essa é a definição do Tuti Resort na visão do hoteleiro Caia Piton. “Estamos prestes a receber o nosso hóspede 2 milhões e nossa média de retorno por hóspede é de 3 vezes no ano – índice alto de fidelidade. Isto prova que a fórmula está correta.” Para o hoteleiro, que é considerado polêmico na sua forma de gestão e no olhar sobre seus negócios, a hotelaria desenvolvida no Brasil ainda se espelha nos moldes internacionais. “Não temos a pretensão de ser a Disney. Queremos ser uma ‘Orlandinho Caipira’, com nossas atrações culturais e o jeito bem brasileiro de atender aos hóspedes, sem a formalidade e bem descontraídos”.

O cenário é ideal para as ideias inovadoras do diretor do Tuti Resort. A mais recente é a implantação de um Parque de Diversão, com roda gigante, carrossel e um tromba-tromba, além de um parque infantil molhado. Ao lado, funciona a Praça de Food Truck, com diversos tipos de comidas e sobremesas.

A bandeira daTuti Hotéis deverá tremular em vários outros hotéis até o próximo ano

E não para por aí: Dentro do hotel, circula uma Kombi amarela, modificada com cadeiras e toldo para o passeio de toda a família. Outra novidade é que a unidade terá um MP Lafer rosa, batizado de “carro gay”, que será mote para uma campanha a favor da diversidade sexual. Cada hóspede, para passear no carro, terá que assinar um termo simbólico de que é contra a discriminação de gêneros. “Por aqui passam muitas famílias e temos o papel de contribuir para uma sociedade mais justa e tolerante”, disse ele.

Ao mesmo tempo em que se volta para o hóspede, a preocupação da bandeira Tuti é com os rendimentos dos seus investidores. Recentemente, a bandeira fechou parceria com o Clube Cia (WPM Viagens), com uma previsão de retorno de R$ 11 milhões em 2017 para o pool hoteleiro que administra. Outra fonte de renda é a venda de ingressos para o Parque Aquático e um clube especial para a terceira idade. “Dá certo todo esse formato porque não tenho medo de críticas. É preciso um pouco de loucura para enxergar todas essas mudanças, que vêm a pedido dos nossos clientes”.

Muita diversão pode ser encontrada nos empreendimentos administrados pela Tuti Hotéis
SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image