HOME Matérias Turismo Religioso movimentou R$ 15 bilhões em 2017 no Brasil

Turismo Religioso movimentou R$ 15 bilhões em 2017 no Brasil

82
0
SHARE
Festuris tem desde 2006 espaço voltado para o turismo religioso, com promoção de destinos e atrações para diversos credos - Crédito: Divulgação FESTURIS

Um dos segmentos que movimenta a economia no País, o turismo religioso segue em alta no Brasil. De acordo com relatório produzido pelo Sebrae Santa Catarina, o País possui mais de 300 destinos voltados para este setor que, juntos, geram uma média de R$ 20 milhões em receita com viagens por ano.

Em sua maioria, as atrações são ligadas ao cristianismo, mas também existem opções para as outras religiões como budismo, espiritismo, candomblecismo e outras. Só em 2017, o segmento movimentou R$ 15 bilhões no Brasil, de acordo com o Ministério do Turismo.

Pensando nisso, o FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo aposta neste segmento e criou o Espaço Cultural e Religioso em 2006, buscando fomentar esse nicho de mercado e a cada ano registra o crescimento na participação dos expositores. Neste ano o evento ocorre de 08 à 11 de novembro, no Serra Park, em Gramado (RS).

Eduardo Zorzanello, Diretor do Festival de Gramado explica que a aposta neste segmento deu-se pelo fato do Brasil ser um dos países mais religiosos do mundo. “O turismo religioso é uma grande potência e um dos nichos de mercado que mais tem crescido. Além da fé, os peregrinos que visitam o Brasil encontram belas paisagens e um contexto cultural muito forte. Estamos projetando para a 30ª edição do FESTURIS ótimos resultados para o Espaço Cultural e Religioso e muitas novidades”, destaca.

Potencial e visibilidade

Participam deste espaço na feira em Gramado alguns destinos que postam no turismo religioso como Santuário de Caravaggio, Paróquia São Pedro, Santuário de Aparecida, Igreja Nossa Senhora de Lourdes, Santa Maria, Missões, Espaço Pacha-Mama, entre outros. A fé é a grande motivadora do turismo religioso. Os praticantes conhecidos como peregrinos, geralmente seguem calendários e rotas de cada religião. Além da busca por igrejas, templos, roteiros e monumentos históricos, o turismo religioso movimenta a economia local, como hotéis, pousadas, restaurantes e lojas de suvenires, entre outros estabelecimentos, principalmente em datas como Páscoa e Natal.

Expositores apresentam as paróquias e souvenirs – Crédito: Divulgação FESTURIS

O Turismo Religioso não movimenta somente o turismo nacional. Nos últimos anos o Brasil tem registrado a presença de peregrinos estrangeiros motivados pelo turismo religioso: em 2017 foram 30 mil visitantes estrangeiros focados na religiosidade e atrativos do Brasil. O Espaço Cultural e Religioso Festuris será palco de negócios e informações sobre o segmento. Marcas e destinos interessados em participar do Espaço Cultural e Religioso do FESTURIS, potencializando a marca e promovendo a geração de negócios podem entrar em contato com o Núcleo FESTURIS, pelo telefone: (54) 3295-8509 com Paola Schommer Benevenuto.