HOME Matérias Aconteceu Turismo receptivo e a capacitação profissional é debatido em evento de concierge...

Turismo receptivo e a capacitação profissional é debatido em evento de concierge em BH

170
0
SHARE
Gustavo Henrique Escobar : "O Brasil ocupa, na atividade turística, apenas 1% do fluxo mundial e o setor representa 11% da economia mundial"

Direto de Belo Horizonte (MG) – O Gerente Geral de Desenvolvimento Educacional do SENAC Minas Gerais, Gustavo Henrique Escobar terminou agora há pouco uma palestra no IV Encontro de Concierges e Recepcionistas que teve início hoje a tarde em Belo Horizonte (MG). O tema de sua palestra focou o turismo receptivo e a capacitação profissional. Escobar começou sua palestra destacando que o Brasil é um país com enorme potencial turístico em razão da diversidade cultural e, principalmente, das belezas naturais do imenso território. Mas esse potencial ainda não é explorando em sua totalidade. O Brasil ocupa, na atividade turística, apenas 1% do fluxo mundial e o setor representa 11% da economia mundial.

Segundo Escobar o turismo é o grande gerador de receita e de postos de trabalho direto e indireto, além de preservar a identidade e a história do lugar, mas é necessário abrir mão do amadorismo, ser profissional para alcançar resultados, pois o segmento é bem competitivo, sustentável e deve ser viável.

Escobar apresentou também em sua palestra os cursos de qualificação que o Senac Minas gerais possui
Escobar apresentou também em sua palestra os cursos de qualificação em turismo e hospitalidade que o Senac Minas Gerais possui

Ele apresentou alguns dados que revela que o Brasil faturou R$ 492 bilhões em receitas em 2014 provenientes do turismo e poderia ter um resultado mais expressivo, mas os desafios são grandes. “Certamente a base para vencer os desafios é a capacitação profissional. O objetivo é construir um turismo competitivo e sustentável baseado na qualidade da mão de obra e dos serviços prestados na busca pela satisfação dos turistas domésticos e internacionais. A hospitalidade inata do povo brasileiro pode e deve ser aprimorada, com ações”, destacou Escobar.

E concluiu sua palestra dizendo: “Nas olimpiadas que terminou recentemente os olhos do mundo inteiro estavam voltados ao Rio de Janeiro e ao Brasil como um todo. A mídia internacional exaltou a hospitalidade do povo brasileiro e não podemos perder esta condição única e não ficar buscando referências em outros países. Devemos tirar proveio deste legado”, concluiu.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image