HOME Matérias Aconteceu Trade turístico se reúne em Brasília para pedir maior divulgação do Brasil...

Trade turístico se reúne em Brasília para pedir maior divulgação do Brasil no exterior

172
0
SHARE
Os representantes do trade turístico saíram contentes da reunião

Representantes de diversas entidades ligadas ao trade estiveram reunidos ontem na Câmara dos Deputados, em Brasília, com o Presidente da Comissão de Turismo, Deputado federal Herculano Passos. O objetivo foi encontrar soluções para uma maior divulgação do Brasil no exterior. Entre os representantes estavam: o presidente da ABAV — Associação Brasileira de Agências de Viagens, Edmar Bull e seu diretor, João Lacerda; o Vice-presidente da ABIH Nacional — Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Manoel Cardoso Linhares; o assessor da CNTur — Confederação Nacional do Turismo, Rômulo Bustamantt; o diretor executivo da Associação Brasileira de Resorts, João Bueno e seu Presidente Luigi Rotunn; o presidente do FOHB — Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, Manuel Gama e seu Diretor executivo, Orlando de Souza e Alexandre Sampaio, Presidente da FBHA — Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação. “Esse é o primeiro encontro de uma série que vamos fazer com as entidades do turismo para ouvir as demandas e para que vocês nos ajudem a compor nossa agenda de trabalho até o final do ano”, explicou o Deputado federal Herculano Passos.

Uma das demandas levantadas pela CNC — Confederação Nacional do Comércio, Bens, Serviços e Turismo e pela CNTur — Confederação Nacional do Turismo foi a necessidade de uma mudança no modelo de financiamento da Embratur para que haja maior divulgação  do Brasil no exterior, buscando atrair mais turistas estrangeiros. O assunto foi corroborado pelo diretor de gestão estratégica do Ministério do Turismo, Jun Yamamoto. “A imagem que o turista estrangeiro tem do país, remonta à década de 70 – turismo sexual, mulheres nuas e selva – e aos problemas atuais do país, como o zika vírus. O Brasil teria que aproveitar o momento das Olimpíadas, em que toda a atenção estará voltada para o país, e trabalhar uma imagem integrada entre todos os setores, como fez Londres nas Olimpíadas de 2012”, salientou.

Já o diretor de Comunicação da CNTur, José Osório Naves, ressaltou que a última campanha de impacto relacionada ao turismo foi há mais de 20 anos. “Foi feita uma grande divulgação com fotos das atrações turísticas das mais diversas regiões colocadas nos aeroportos e locais de grande concentração de pessoas com a frase ‘Se viajar é sua paixão, o Brasil é o seu destino’, em diversos idiomas”, relembrou.

Durante a reunião também foi tratado sobre a suspensão pelo Supremo Tribunal Federal de um crédito extraordinário que seria usado pela Embratur para divulgação dos Jogos Olímpicos no exterior. Uma audiência com o Ministro Gilmar Mendes, que determinou a suspensão, deve ser solicitada com o objetivo de explicar o resultado positivo que tal investimento trará ao turismo.

Outro tema debatido foi o fim da exigibilidade do visto para turistas estrangeiros entrarem no Brasil. Na opinião do presidente da Associação Brasileira de Resorts, Luigi Rotunno, a desburocratização para a obtenção do documento poderia beneficiar o setor hoteleiro. “Muitos resorts estão apresentando problemas de caixa e cancelando a participação em feiras. A entrada internacional, com a liberação de vistos, seria uma solução, tendo em vista que os outros países da América do Sul não têm enviado tantos turistas como se esperava”. O presidente do Conselho Empresarial de Turismo da CNC, Alexandre Sampaio, sugeriu que seja solicitada uma audiência com o novo Ministro das Relações Exteriores, José Serra, para debater a questão da flexibilidade e reciprocidade do visto de estrangeiros.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image