HOME Matérias Aconteceu Trabalho em grupo é uma das novidades apresentadas na 5ª edição do...

Trabalho em grupo é uma das novidades apresentadas na 5ª edição do LASOS

201
0
SHARE
Um dos grupos que participaram desta atividade em busca de solução a um problema apresentado teve Carlos Alberto Campilongo e Felipe Cavalcante como um dos participantes

Direto de Buenos Aires – Argentina – Terminou agora a pouco uma atividade interessante da LRE – Leisure Real Estate que aconteceu na 5ª edição do LASOS – Latin American Shared Ownership Summit. O evento que prossegue até esta próxima quinta feira é promovido pela RCI – Resort Condominiums International e reúne 248 profissionais do setor de tempo compartilhado em amplos debates no hotel InterContinental de Buenos Aires. Esta atividade didática em grupo foi coordenada por David Fuentes e Leonel Matiz da TORE – Tourism Oriented Real Estate e substituiu as tradicionais visitas técnicas as salas de vendas em anos anteriores.

David Fuentes: “O que apresentamos aos participantes foram casos reais que aconteceram no Peru, Equador e Argentina”

Esta nova atividade consistia em apresentar uma determinada situação para que pudesse ser resolvida. Os participantes daas 14 mesas tinham um prazo de cerca de duas horas e meia para buscar uma solução em três temas apresentados. Foram casos reais que aconteceram no Peru, Equador e Argentina. “No Equador foi apresentado um problema ocorrido num empreendimento de uso misto, no Peru a necessidade de uma rede hoteleira trabalhar com propriedade compartilhada e em Mendonça, na Argentina, o objetivo era construir um produto temático tendo o vinho como figura principal. Várias soluções foram apresentadas para um mesmo caso, o que demonstra que os participantes se interagiram e pensaram muito sobre a solução”, diz David Fuentes.

Equipe RCI presente nesta atividade

Segundo ele, esta atividade é uma forma de interação entre os vendedores de produtos compartilhados junto com quem desenvolve, pois tudo é criado do zero, através de trocas de experiências. “É uma forma de treinar e capacitar as pessoas a pensarem nas soluções mais adequadas aos problemas apresentadas pela indústria do tempo compartilhado”, destaca Fuentes.

Um outro grupo que participou desta atividade teve Sérgio Falquer da GPJ e André do hotel Le Canton como um dos participantes

Um dos cases apresentados foi por Mabel Fernandes e Helder Henrique do Beach Park, Bruna Apolinário, do Rio Quente e Rogério Calado do Enotel com o Hotel Vinícola Mendonça. Este hotel conceito de charme possui 15 apartamentos e previsão de mais 20 apartamentos. Conta com três piscinas aquecidas, spa, gastronomia especializada em carnes e massas. Segundo eles, este produto de tempo compartilhado deveria ter 10 anos de uso com 1.560 contratos, devendo ser vendidos em 19 meses a US$12 mil cada cota, dividido em 36 parcelas. Seria um produto com até 28 semanas e um produto de saída para cinco semana para utilização em até três anos. A estratégia comercial que eles definiram foi uma sala com cinco consultores com projeção financeira inicial de US$ 800 mil do investidor para a construção de mais 20 apartamentos.

Da esquerda a direita da foto, Helder, Bruna, Mabel e Rogério que apresentaram o case de um hotel conceito em Mendonça
Os participantes desta atividade que encerrou a grade de programação do primeiro dia do LASOS

A reportagem da Revista Hotéis viaja a Buenos Aires e se hospeda no hotel InterContinental a convite da RCI para cobrir este evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image