HOME Matérias Trade Sul do País registra crescimento na ocupação por turistas do Mercosul

Sul do País registra crescimento na ocupação por turistas do Mercosul

Aumenta em mais de 30% a presença de visitantes de países vizinhos na temporada de verão nos litorais gaúcho e catarinense

87
0
SHARE
Associação Comercial e Industrial de Santana do Livramento, no RS, espalhou bandeiras pela cidade. Foto: Edis Elgarte

De acordo com o Sindihotel – Sindicato Intermunicipal de Hotelaria do Rio Grande do Sul, uma grande movimentação vem tomando conta da região sul desde novembro do ano passado. Visitantes latino-americanos chegam ao Estado e seguem para destinos como Bombinhas, Itapema e Camboriú, em Santa Catarina, e as praias de Capão da Canoa, Torres e Praia do Cassino, no litoral gaúcho. Os argentinos são a maioria (70%), seguidos por uruguaios (20%) e paraguaios (10%).

Hotéis associados do Sindihotel, e localizados nos municípios de fronteira como Santana do Livramento, Jaguarão, Chuí e de cidades próximas, como Ijuí, Alegrete e São Gabriel estão se beneficiando com o aumento no índice de ocupação. Mesmo que a permanência dos turistas do Mercosul esteja ocorrendo por períodos curtos – pernoite no caso dos argentinos, e dois a três dias, no caso dos uruguaios – rumo ao Litoral gaúcho ou catarinense, o fluxo dá um ânimo para empresários do setor da hotelaria, já que no verão o movimento diminui consideravelmente. “Se o quadro se mantiver, teremos uma ótima temporada de verão”, avalia Manuel Suarez, presidente da entidade.

O número de turistas argentinos que tem cruzado a fronteira pela aduana de Uruguaiana já é 26% maior do que o mesmo período do verão passado. O fluxo é resultado de uma combinação entre o real desvalorizado em relação ao dólar (48,5% em 2015) e o fim das restrições sobre a compra de moeda estrangeira que vigorava no país vizinho. Além disto, o governo argentino de Maurício Macri, decretou o fim do imposto de 35% sobre a compra de pacotes turísticos pelos argentinos. Com o fim da taxação, é possível programar o pagamento em peso e parcelar a compra em até 18 meses.

A Receita Federal da cidade de Uruguaiana registrou a entrada de 29 mil argentinos, somente de 1º a 4 de janeiro. “O aumento é de 40% e estamos prevendo o registro de mais de dois milhões de pessoas em passagem”, revela Jonathan Padoin, chefe da Aduana de Uruguaiana. Colocando em prática um turismo receptivo proativo, a Associação Comercial e Industrial de Santana do Livramento fez a demarcação na cidade com bandeiras vermelhas do trajeto da aduana Uruguaia, passando pelo posto da Polícia Federal, onde acontece a imigração. A sinalização prossegue até a saída, na BR-158. No retorno, muda para a cor azul, com os dizeres “Volte Sempre”.

Também foi instalado um posto defronte à PF com banheiro masculino, feminino, fraldário, cadeiras e estofados. Estagiários ajudam a preencher formulários contendo os dados dos visitantes do Mercosul, a fim de agilizar os trâmites de entrada no país.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image