HOME Matérias Mercado Sindihotel de Porto Alegre (RS) realiza workshop por soluções para o setor

Sindihotel de Porto Alegre (RS) realiza workshop por soluções para o setor

39
0
SHARE
Empresários convidados e Diretores Delegados do Sindihotel nas cidades de Esteio, Canoas, Rio Grande, Ijuí, Lajeado, Jaguarão, Alegrete, São Leopoldo, Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul e Novo Hamburgo, no RS

Na última segunda-feira, 20 de junho, o Sindihotel de Porto Alegre (RS) realizou seu segundo Workshop para discutir as soluções adotadas em cada região para combater a crise com ações criativas, proativas e sustentáveis.

Estiveram presentes empresários convidados e também Diretores Delegados da entidade nas cidades de Esteio, Canoas, Rio Grande, Ijuí, Lajeado, Jaguarão, Alegrete, São Leopoldo, Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul e Novo Hamburgo.


Em Alegrete, predominam como clientes os representantes comerciais, com destaque para a importância de eventos da agricultura e os esportivos. A saída adotada em Jaguarão foi o corte de custos na operação hoteleira. Por sua vez, empreendedores em Lajeado retomaram as visitas a clientes antigos. A mesma ação vem sendo adotada em Ijuí.

O setor, em Rio Grande, aguarda com expectativa a recuperação de parte do perdido em índices de hospedagem e a queda de mercado em função do Polo Naval, com a sinalização de retomada de alguns projetos de expansão de empresas. A saída encontrada em Canoas vem sendo a realização de eventos sociais dentro dos espaços dos hotéis, incluindo formaturas, festas de 15 anos e casamento. No Dia dos Namorados, um empresário local promoveu jantar e show, com e sem hospedagem, para 60 casais. Tudo com parcerias.

No II Workshop, os palestrantes convidados tiraram as dúvidas de interesse do setor hoteleiro, como a importância da utilização de portais específicos para comercialização de diárias. Em relação ao Ecad, as recomendações continuam sendo as negociações no âmbito administrativo.

O embasamento jurídico sobre a utilização de poços artesianos também fez parte da pauta. Segundo orientações, a perfuração precisa ser aprovada, adequada, bem como a conservação da água. Tudo dentro de normas responsáveis, técnicas e com análises constantes. “Vamos prosseguir com os encontros pois levar informações qualificadas aos hoteleiros é fundamental”, finaliza Suarez.

SHARE