HOME Matérias Sindihotéis/CE apoia cobrança de taxas aos aplicativos que comercializam hospedagem

Sindihotéis/CE apoia cobrança de taxas aos aplicativos que comercializam hospedagem

96
0
SHARE
Manoel Cardoso Linhares ao lado do vereador de Fortaleza, Michel Lins, com cópia do Projeto Lei que regulamenta a cobrança de taxas municipais aos sites e aplicativos que comercializam os meios de hospedagens - Foto - Divulgação

Enquanto a hotelaria nacional discute propostas de tributar as operações de sites e aplicativos que comercializam os meios de hospedagens no Brasil, por considerar concorrência desleal, o Sindihotéis Ceará — Sindicato e Hotéis e Meios de Hospedagem no Estado do Ceará sai na frente com uma decisão inédita. Através do empenho de seu Presidente, Manoel Cardoso Linhares, que também é Vice-presidente da FBHA — Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e também da ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, ele articulou junto ao Vereador de Fortaleza, Michel Lins, um Projeto de Lei regulamentando e cobrando ISS — Imposto sobre Serviços dos aplicativos e sites que comercializam meios de hospedagem na capital cearense.

O Vereador Lins preside a Comissão de Turismo da Câmara de Fortaleza e segundo Cardoso, este é um primeiro grande passo para que seja feita uma concorrência justa de sites e aplicativos com os tradicionais meios de hospedagens. “Isentar de taxas os sites e aplicativos que comercializam os meios de hospedagens e onerar a hotelaria com carga tributária que oscila entre 35 e 40% é um contrassenso. Não podemos permanecer omissos diante dessa situação, em meio a grave crise da hotelaria nacional. Se nós que estamos devidamente estabelecidos pagamos impostos, as empresas que fazem locação dos meios de hospedagens também devem pagar”, assegura Linhares.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image