HOME Matérias Giro pelo mundo Shangri-La investe no mercado sul americano

Shangri-La investe no mercado sul americano

104
0
SHARE
Horizon Club Grand Harbour room - Shangri-La Hotel, Sydney, Austrália - Divulgação

O mercado de luxo não sentiu tanto a queda no poder de compra de seu público nos últimos anos e, seguindo esta tendência, a rede asiática Shangri-La Hotels and Resorts está investindo na América do Sul e consequentemente, no Brasil.

Atenta ao crescimento do mercado local, que em 2017 chegou a produzir cerca de 15 mil room nights para seus luxuosos hotéis, a rede nomeou recentemente representante para a América do Sul – a agência Hub2World, de Cristina Nersessian e Eduardo Bittencourt –  e tem investido frequentemente em encontros com operadores nacionais e mídia para anunciar suas novidades e divulgar seus atrativos.

A sócia Cristina Nersessian comentou que a agência foi escolhida para trazer mais conhecimento desses estabelecimentos ao nosso mercado, já que há algum tempo não tinham representatividade no continente sul americano. “Acreditamos que com nosso vasto conhecimento, iremos aumentar a visibilidade da marca e treinar as agências de viagens a oferecer e reservar os hotéis Shangri-La”, afirmou.

Entre as mais recentes novidades anunciadas pela empresa destaca-se o programa oferecido pela propriedade de Londres, o Shangri-La At The Shard London que recriou um chá da tarde inspirado na realeza britânica com elementos que remetem às preferências da Rainha Vitória e da futura princesa, a atriz Megan Markle.

Robô Jena interagindo com hóspede do hotel Jen, em Singapura – Divulgação

Outra iniciativa da rede é a utilização de robôs no room service, no hotel Jen, em Singapura. A rede também anunciou recentemente um novo Spa L’Occitane  em seu hotel, no Sultanato de Oman,  novos e divertidos quartos temáticos no hotel de Singapura, um chá da tarde exclusivo para crianças no Shangri-La de Toronto, um novo App para reservas –  www.shangrila.com/App e abriu no ano passado um novo hotel na China.

No último ano, hotéis como o Shangri-La Hotel, Paris; o Shangri-La, Manila; as três propriedades da marca em Shanghai; o Kowloon Shangri-La, de Hong Kong; o Shangri-La Hotel, New Delhi; Shangri-La Hotel, Wenzhou, Shangri-La Hotel, Bangkok; Shangri-La Hotel, Singapura; Shangri-La Hotel, Dubai e Shangri-La Hotel Tokyo continuaram recebendo boa quantidade de hóspedes brasileiros.

Para as festas de fim de ano, muitos deles optaram pelo Shangri-La’s Le Touessrok Resort and Spa, nas Ilhas Maurício. Já no último réveillon, o preferido foi o Shangri-La Hotel, Sydney, pela visão panorâmica para queima de fogos.