HOME Matérias Relatório HPI divulga comportamento do turismo brasileiro em 2016

Relatório HPI divulga comportamento do turismo brasileiro em 2016

Brasileiros pagaram menos para viajar pelo país em 2016

141
0
SHARE
Hotéis.com - Foto: Divulgação

Segundo levantamento feito pelo HPI – Hotel Price Index, relatório regular de preço dos hotéis nos principais destinos do mundo, realizado pelo site Hoteis.com, as tarifas médias pagas por viajantes brasileiros caíram em 23 dos 25 destinos domésticos mais populares em 2016. Hóspedes nacionais pagaram em média 3% menos em hotéis do que em 2015.

Os dados do HPI divulgam que, em geral, os turistas estrangeiros pagaram mais por quartos de hotel do que os hóspedes locais, e os resultados não foram diferentes para o Brasil no ano passado. A diferença foi em torno de R$ 49,00 extras pagos por noite, podendo, assim, ser atribuída a fatores relativos à taxa de câmbio, à categoria e localização dos hotéis que os visitantes tendem a escolher.

Os elementos do relatório são formulados com base nas reservas realizadas nas centenas de milhares de estabelecimentos no site ao redor do mundo. Superando as expectativas, o Rio de Janeiro ganhou mais de 1 milhão de visitantes durante os Jogos Olímpicos, e a ocupação hoteleira foi de mais de 90% durante esse período. Contudo, as tarifas médias pagas durante o ano como um todo caíram mais de 5%, comparado com 2015.

Apesar do evento esportivo ter sido um dos destaques do ano, o turismo brasileiro também sofreu em 2016 justamente pela indefinição política e econômica, aliada à preocupação permanente em torno da disseminação do vírus Zika. Isso levou a uma tendência geral de taxas de ocupação mais baixas fora do período dos Jogos Olímpicos, com a queda das médias de preços na cidade.

Apenas as cidades de Porto de Galinhas (PE), Ipojuca (PE) e Gramado (RS) registraram uma média maior do que R$ 400,00 por noite. As baixas maiores foram vistas em Manaus (AM), Fortaleza (CE) e Balneário Camboriú (SC), porém a menor média de preço foi apontado em Belo Horizonte (MG). Porte Alegre (RS) e Maceió (AL) foram os únicos destinos com aumentos de preços. No entanto, esses acréscimos continuaram inferiores a 5%.

Confira abaixo o preço médio pago por noite, em Real, por viajantes brasileiros em destinos selecionados no Brasil em 2016 em relação a 2015:

Cidade 2016 2015 % de alteração
BRASIL 281 290 -3%
Porto de Galinhas 432 464 -7%
Ipojuca 429 463 -7%
Gramado 402 422 -5%
Rio de Janeiro 383 412 -7%
Maceió 276 268 3%
Balneário Camboriú 273 302 -10%
Porto Alegre 273 268 2%
Fortaleza 236 267 -12%
Ribeirão Preto 171 180 -5%
Manaus 170 194 -12%
Belo Horizonte 166 178 -7%
SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image