HOME Matérias Implantação Praias Construtora concluiu obra do Novotel Itu

Praias Construtora concluiu obra do Novotel Itu

A complexa obra de 38 mil m2 foi executada em apenas 40 meses utilizando métodos e sistemas construtivos modernos que reduziram prazos, custos e maximizaram o conforto e segurança da edificação

654
0
SHARE
A moderna edificação utilizou o que há de mais moderno em métodos e sistemas construtivos

A Praias Construtora acaba de entregar o Empreendimento Novotel Itu, completamente pronto para operação, e comprova, mais uma vez, por que é uma das empresas mais especializadas de construção no segmento hoteleiro no Brasil. O projeto de arquitetura da Aflalo & Gasperini Arquitetos foi desenvolvido para ser uma nova referência em hotelaria multiuso para atender diferentes públicos o ano todo. A estrutura para eventos de grande porte aliada a uma ampla e equipada área de lazer em uma localização privilegiada torna o hotel extremamente versátil e único. Situado na entrada social do condomínio Terras de São José, o hotel possui um terreno em declive para a área do campo de golfe do próprio condomínio. Esta condição privilegiada de um terreno amplo com vistas para áreas verdes traz uma qualidade ambiental inigualável para sua implantação.

A utilização de estrutura metálica proporcionou grandes vãos livres

De acordo com José Luiz Lemos, Sócio diretor da Aflalo & Gasperini Arquitetos, o projeto é dividido em seis grandes áreas de programa: 343 quartos distribuídos horizontalmente em duas alas e seis andares; área de amenidades no térreo com academia, saunas, bar, sala de jogos, espaço para crianças  e restaurante; área de convenções para 1000 pessoas com flexibilidade para atender os mais diversos eventos; uma área de serviços no térreo, com todos os espaços e equipamentos necessários para atender a demanda tanto do hotel quanto dos eventos. Há uma área de estacionamento para 250 carros distribuídos em três níveis com acesso para a recepção do hotel e o foyer das convenções. Já na área externa de lazer estão: piscina, parquinho infantil, campo de futebol e quadras de tênis e áreas de jardim prontas e receber eventos com estruturas temporárias. “O programa foi distribuído de forma a minimizar o impacto de um edifício de tamanha escala com a paisagem campestre da região. O desafio foi fazer com que o grande volume edificado gerado pelo centro de convenções e estacionamentos não sobressaíssem ao volume do hotel em si. Para isso o desnível natural do terreno foi utilizado, gerando níveis diferentes de acesso; um para o hotel na cota superior equivalente ao 3º pavimento e outro para as convenções no térreo. A solução não só divide a volumetria, como amplia a área de terreno nos acessos e separa os fluxos de forma a garantir independência dos usos”, destaca Lemos.

O projeto arquitetônico foi muito bem concebido

Projeto funcional

Ele explica que as fachadas do edifico foram cuidadosamente desenvolvidas para criar um desenho dinâmico, devido ao movimento das varadas distribuídas aleatoriamente na fachada. As janelas dos quartos possuem uma leve inflexão não somente para buscar as melhores vistas, mas garantir a devida privacidade. A generosa cobertura com grandes beirais coroa o edifico com delicada leveza e as inflexões no volume. “O hotel buscou em todos os aspectos ser uma nova referência para o setor. O projeto visou trazer os últimos conceitos em hotelaria, garantindo a máxima eficiência em sua operação. A arquitetura aliou todas as questões técnicas, funcionais, e práticas sustentáveis ao implantar o projeto de tamanha escala em um ambiente campestre, conferindo ao conjunto um caráter contemporâneo de forte identidade”, conclui Lemos.

Aproveitando a insolação da região, foram inseridos 200 painéis solares no telhado

Essa obra é uma parceria entre as empresas Praias e Senpar e a construção deveu-se a um estudo de análise da viabilidade feito em 2012 que verificou uma oportunidade para o segmento de convenções, pela localização e concorrência, então as empresas resolveram executar o projeto. De acordo com o Diretor da Praias, Felippe Camargo, apesar dos padrões de acabamento e a localização serem de um hotel cinco estrelas, optou-se pela bandeira Novotel para ter uma eficiência operacional melhor e possibilidades de realização de grandes. “Estamos dentro de um campo de golfe (considerado entre os cinco melhores do Brasil), com o bônus do campo para os hospedes usarem, vizinhos de prestígios com casas de altíssimo padrão do Terras de São Jose, Heliponto, Hípica, Academia de Golf Jack Nicklaus, dezenas de quadra de tênis e uma estância de turismo que é a cidade de Itu. Além disso o acabamento, qualidade do centro de eventos, hotel novo perante os concorrentes e com uma bandeira internacional. Com todos esses valores agregados, certamente que estamos bastante confiantes na performance desse empreendimento”, conclui Camargo.

Houve uma preocupação muito grande nas instalações para evitar manutenção

Quem executou essa obra foi a Praias Construtora utilizando sua ampla expertise em obras hoteleiras, como o ibis Congonhas, Ibis Jundiaí ibis Mogi das Cruzes e ibis Itatiba e seu certificação ISO 9001. Isso garantiu processos são muito bem acompanhados e uma equipe própria que vai desde do encarregado de elétrica, hidráulica, fundação, estrutura, mestre, engenheiro, além de fazer toda montagem do FF&E em conjunto com a execução, dando menor custo, retrabalho e maior qualidade, o que resulta em menos manutenção para a operação. O objetivo era erguer uma edificação moderna, escolhendo métodos e sistemas construtivos, assim como equipamentos que agregassem valor a operação, e que contribuíssem para melhorar a gestão operacional (baixo consumo, manutenção e o mínimo de paralizações) e consequente reflexo positivo no resultado do negócio, reduzindo os custos na construção, maximizando a segurança e o conforto.

José Maria Baptista: “Houve um minucioso planejamento de seis meses para compatibilizar todos os 30 projetos”

O Engenheiro José Maria Neves Baptista, Diretor de obras da Praias Construtora, destaca que houve um minucioso planejamento de seis meses para compatibilizar todos os 30 projetos. Para isso foi contratada a empresa IAC para rever, em conjunto com a equipe técnica da Praias, os projetos, para assegurar que eles estavam exequíveis, a fim de evitar surpresas e retrabalhos na execução. Antes de iniciar a obra, planejamos muito o plano de ataque de cada fase para que os materiais pudessem ser recebidos dentro do cronograma previsto. Esse planejamento possibilitou um canteiro de obra limpo, os materiais que chegavam eram armazenados de forma bem organizada, no sentido de facilitar o deslocamento até o local da aplicação. “Trabalhamos com um cronograma em cima do detalhe, do detalhe e com isso obtivemos ganhos consideráveis de produtividade e redução de custos”, enfatizou o Engenheiro José Maria.

O hotel conta até mesmo com proteção guarda corpo nas escadas, o que é difícil de ser encontrado num meio de hospedagem

Maior controle na execução

Ele destaca também que para assegurar um maior controle na execução, a obra empregou, no pico de sua construção, mão de obra de 260 colaboradores altamente qualificados, sendo 200 de mão de obra própria, executando até 30 projetos. Por ser uma empresa com seu Sistema de Gestão Certificado pelas Normas ISO 9001 e Siac PBQP-h, realizamos uma série de controles internos, como a FVS – Ficha de Verificação de Serviços. Para se ter uma ideia da grandiosidade do empreendimento, foram realizadas mais de 100 mil verificações de conformidades de serviços executados, também foram ministradas uma média de 250 horas de treinamentos/mês aos colaboradores e terceirizados. “A segurança dos colaboradores também foi uma preocupação frequente da Praias, nossos indicadores de acidentes de trabalho estão muito abaixo dos indicadores da OIT — Organização Internacional do Trabalho”, ressaltou o Engenheiro José Maria.

Estação de tratamento de reuso de águas fornecida pela empresa Alfamec

A sustentabilidade também é um dos diferenciais da edificação vizinha ao condomínio Terras de São José. Aproveitando a insolação, foram inseridos 200 painéis solares no telhado, fornecidos pela empresa TermoCop Engenharia, para aquecer diariamente 20 mil litros de água a ser utilizada nos chuveiros, lavatórios, cozinhas e alguns pontos das áreas comuns. O Empreendimento conta também com um moderno sistema de reuso da água proveniente dos chuveiros, lavatórios, e captação de águas pluviais fornecido pela empresa Alfamec. A captação de águas pluviais do telhado utiliza um sofisticado sistema denominado Epams de drenagem pluvial por sistema antivórtice, desenvolvido pela Saint Gobain. Ele garante resposta às construções com grandes superfícies de telhado/cobertura, possibilita a otimização de espaços e liberdade arquitetônica aos projetos.

Todo o sistema possui capacidade de armazenar 200 mil litros de água para posterior reuso nos jardins, limpeza geral, assim como descarga nos vasos sanitários. Além desse suprimento de água de reuso, o hotel conta com reservatório com capacidade de armazenamento de 380 mil litros de água potável fornecido pela concessionária local. Em toda a iluminação do empreendimento foram utilizadas lâmpadas de Led. O sistema de ar condicionado fornecido pela Samsung e executado pela empresa Newset reduz de forma considerável o consumo de energia elétrica na edificação, ele funciona de forma independente nos blocos em função da ocupação do hotel. O Engenheiro José Maria, destaca os seguintes diferenciais dessa obra:

A captação de águas pluviais do telhado utiliza um sofisticado sistema denominado Epams de drenagem pluvial por sistema antivórtice, desenvolvido pela Saint Gobain
A preocupação com o padrão de acabamento pode ser visualizada até mesmo no hidrante

Facilidades na operação e manutenção

Pensando em facilitar a operação e manutenção do Hotel foram adotadas soluções, cabendo destacar entre elas: instalação de shafts visitáveis nos corredores contendo prumadas elétricas e hidráulicas com sistema de distribuição PEX; Esquadrias da fachada das janelas são em PVC, um material robusto, que dispensa manutenção, possui bom isolamento térmico e acústico, além de reduzir consideravelmente as cargas na fundação; As docas foram pensadas de forma cuidadosa para facilitar a descarga dos produtos e o sistema adotado facilita o manuseio e encaminhamento de forma rápida às respectivas áreas.

shafts visitáveis nos corredores contendo prumadas elétricas e hidráulicas com sistema de distribuição PEX

Pensado para atender a demanda de hospedagem e eventos, o empreendimento conta com uma cozinha principal, duas cozinhas de finalização e duas “cozinhas show”, todas elas muito bem equipadas.

Outra grande preocupação foi em relação a segurança no empreendimento que conta com um moderno sistema de automação/supervisão. Através desse sistema uma central computadorizada consegue detectar, de forma precisa, por exemplo, se alguma caldeira de aquecimento não está funcionando de forma correta, consegue monitorar também o sistema de ar condicionado, sprinklers e detectores de alarme e incêndio. Em todo o empreendimento existem mais de 370 câmeras de monitoramento no CFTV.

O hotel conta com reservatório com capacidade de armazenamento de 380 mil litros de água

Ganhos de produtividade

Grande parte dos ganhos foram obtidos através da utilização de estrutura metálica aplicada no terceiro bloco onde se encontra o lobby e o bar central, assim como no centro de convenções e telhado. No restante da edificação foi utilizada estrutura convencional em concreto armado com alvenaria no perímetro e gesso acartonado (dry-wall) para fechamento das paredes internas. Elas receberam tratamento de lã de rocha internamente para maximizar o conforto térmico e acústico que é maximizado pela solução em portas fornecido pela empresa TEG.

A área de eventos possui grande vãos livres sem as inconvenientes pilastras no meio

Para assegurar grandes vãos livres na área de eventos, sem os inconvenientes pilares no meio, adotamos laje steel deck com estrutura metálica, impermeabilizada com manta dupla. O hotel conta com dois geradores a diesel de 500 kVA com capacidade de 800 litros cada um, o que assegura grande autonomia no suprimento de energia para todo o empreendimento. Outro diferencial é a quantidade de pontos de água e esgoto na área de eventos, trazendo comodidade em eventos que necessitam utilizar água.

O hotel conta com dois geradores a diesel de 500 kVA com capacidade de 800 litros cada um

Muitos dos diferenciais dos projetos foram obtidos graças as orientações de três gerentes de unidades Novotel. “Eles nos relacionaram o que dava certo e errado na operação e procuramos suprir as exigências para ter um produto muito moderno, funcional e com baixo custo de manutenção”, concluiu o Engenheiro José Maria.

Os quadros elétricos foram perfeitamente instalados

Logística da obra

De acordo com Alexandro Sousa, o engenheiro que coordenou essa obra, ela teve que ser dividida em nove setores em razão do tamanho. “Com isso, os materiais e equipamentos eram direcionadas para os setores específicos, com essa logística otimizamos tempo e controle de matérias evitando desperdícios. Para executar essa obra, tínhamos em torno de 30 disciplinas envolvidas (cerca de 800 folhas), utilizamos a ferramenta de controle de projetos da ISO 9001 na qual a Praias Construtora é certificada. A cada atualização de projeto que era cadastrado no sistema, fazíamos o controle da troca imediata das copias obsoletos no canteiro, evitando assim os retrabalhos dos serviços. Mesmo sendo uma obra muito bem planejada, houve alguns desafios como a execução da estrutura de concreto e do revestimento (reboco) das varandas que foram realizados em etapas de grandes dificuldades. O fato dos andares serem intercalados com varandas, dificultou o escoramento na fase de concretagem das lajes e posteriormente na fase do revestimento. Para solucionarmos o problema da estrutura, contratamos uma empresa especializada em cimbramentos, a mesma elaborou um projeto especifico para o escoramento das varandas. Sabendo que teríamos dificuldade na execução do revestimento, nos planejamos em contratar uma empresa que trabalha com andaime fachadeiro diferenciado, assim atingimos o resultado esperado e dentro do cronograma”, mencionou o Engenheiro Alexandro.

Alexandro Sousa: “A obra foi muito bem planejada e executada para evitar retrabalhos”

Quem fez o projeto de arquitetura de interiores foi o escritório de Thomas Michaelis, um dos maiores expoentes da arquitetura hoteleira no Brasil e ele explica o projeto. “Para nós foi um grande desafio não só pelo tamanho do hotel, mas também pela necessidade de alcançar as expectativas da nova demanda estética do produto, e pelos desafios técnicos, financeiros e de prazo que nortearam nossa produção ao longo da construção. Foi um trabalho intenso que contou com a colaboração da AccorHotels, da construtora, dos proprietários, do escritório de arquitetura responsável pelo projeto, dos projetistas técnicos e dos fornecedores que sempre estiveram ao nosso lado procurando resolver as adversidades intrínsecas ao projeto com velocidade e eficiência. Cada espaço foi pensado isoladamente, sempre dentro de um contexto geral estético e de funcionalidade. Cores, texturas, tecidos, curadoria do mobiliário, desenvolvimento de toda marcenaria, revestimentos, enfim, tudo que faz parte do universo sensorial, trouxe ao hotel um ambiente ao mesmo tempo sofisticado e despojado, cenográfico, com a intenção de promover a experiência positiva do usuário a medida em que ele percorre o hotel”, revela o Arquiteto Thomas Michaelis.

O sistema de ar condicionado fornecido pela Samsung e executado pela empresa Newset reduz de forma considerável o consumo de energia elétrica na edificação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image