HOME Matérias Aconteceu Papel dos CVB na captação de eventos é tema de palestra no...

Papel dos CVB na captação de eventos é tema de palestra no Conotel 2018

115
0
SHARE
Toni Sando, Presidente da UNEDESTINOS

Direto de Fortaleza (CE) – Trazendo as vantagens e a importância da atuação dos Convention & Visitors Bureau, Toni Sando, Presidente da UNEDESTINOS (União Nacional dos CVB e Entidades de destinos) e da Visite São Paulo, abordou o tema “O Papel dos CV&B na captação e eventos e utilização efetiva da cadeia hoteleira” junto de Jeanine Pires, presidente do Alagoas CVB durante o Conotel 2018. O evento acontece até esta sexta (18) no Centro de Eventos de Fortaleza, capital do Ceará.

O intuito do painel foi reforçar o real papel dos conventions e sua estreita relação na hotelaria, discutindo como um hotel associado pode otimizar os benefícios de um convention.

Sando criticou a demagogia existente nos discursos de representantes do turismo, e que é preciso dar atenção a processos internos primeiramente. “Muito se fala do que precisamos fazer, o que pode evoluir, onde podemos chegar, pensando muito naquele que está de fora. Mas estamos deixando de lado aqueles que estão aqui. Hoje, o brasileiro não conhece seu país, como o Paulistano não conhece São Paulo, e o morador de Fortaleza não conhece sua cidade. Existe uma cadeia onde um precisa do outro – os hotéis são rentáveis com os eventos, que precisam dos Convention Bureau, que dependem da Room Tax, que é garantida na hotelaria. Por isso, defendemos a contribuição de todos os players para incentivar a produção local e desenvolvimento da economia como um todo”, explicou Toni Sando.

O executivo afirmou ainda que, se o evento não é bom, o destino é quem sofre. “Com isso, toda a cidade se prejudica. Por isso, é importante a integração do hotel, os CVBs e outras entidades para tornar toda a experiência positiva para todos”, concluiu.

Jeanini Pires abordou a importância da experiência do turista. Para ela, o grande desafio é conciliar o processo do congressista, turista de negócios e eventos com o de lazer.

Além da experiência do cliente, ela listou outros dois quesitos importantes para a conquista do hóspede a partir deste conceito:

Uso de novas tecnologias – “É uma tendência a utilização de sistemas como o chatbots para ter uma comunicação pessoal com o cliente. A tecnologia também precisa estar presente em todos os processos da realização de eventos”, explicou.

Formatos de eventos – “ evolução das demandas da sociedade criou a necessidade de novos formatos e o fornecimento de equipamentos para se adaptarem a eles, e como isso impacta o dia a dia do negócio. “É fundamental entendermos que quem ganha com tudo isso é quem mora nela e sua estrutura. Se não tem uma cadeia envolvida, não tem uma loja, um ônibus de receptivo, uma locadora de veículos, não temos como receber os turistas”, finalizou a gestora.

A redação da Revista Hotéis faz a cobertura do evento a convite da ABIH Nacional e Reed Exhibitions Alcantara Machado, e se hospeda no hotel Mareiro.