HOME Matérias Aconteceu Panorama do timeshare e multipropriedade é debatida no ADIT Share 2018

Panorama do timeshare e multipropriedade é debatida no ADIT Share 2018

92
0
SHARE
Os participantes desse painel em que Lizte Ribero participou, mostraram muito conhecimento do setor

Direto de Ipojuca (PE) – Esse painel terminou agora a pouco e fez parte da grade de programação do ADIT Share, o mais importante evento sobre timeshare e multipropriedade do Brasil, que teve início hoje de manhã no Enotel Convention & Spa. Com moderação de Felipe Cavalcante, Presidente da ADIT Brasil, responsável pela organização do evento, contou com a presença do seguintes profissionais do setor: Alejandro Moreno, CEO da Wyndham Hotels & Resorts para a América Latina, Murilo Pascoal, Diretor executivo do Beach Park, Rafael Almeida, Diretor do Grupo Natos, Enio Almeida, Diretor da WAM Brasil, Gustavo Rezende, Diretor superintendente do Grupo GR e Lizete Ribeiro, Diretora comercial da rede Tauá Hotels.

Gustavo Rezende: “”Não foi fácil o início de nossas operações e aprendemos muito com nossos erros”

Quem começou esse painel foi Gustavo Rezende que informou que em 2013 o Grupo GR colocou em operação o Royal Thermas Spa com 456 apartamentos e estava buscando alguma operadora, mas teve dificuldade em identificar uma com expertise no segmento e o melhor caminho foi a bandeia própria. “Não foi fácil o início de nossas operações e aprendemos muito com nossos erros. Hoje já temos administração própria também nos empreendimentos em Barretos (SP) e na cidade do Rio Quente (GO). Em Gramado (RS) optamos pela parceria com uma rede internacional para administrar o empreendimento que entra em operação nesse final de ano”, disse Rezende.

Crescimento contínuo
Segundo ele, o lucro no modelo de multipropriedade está no pós entrega, pois é quando diminui de forma considerável os inadimplentes e a entrada maior de fluxo de caixa. “Estamos colocando em operação, nesse próximo sábado, mais 504 unidades habitacionais em Olímpia (SP) e estamos com 92% de taxas condominais em dia e isso faz toda a diferença no fluxo de caixa. Nesse ano ainda, vamos colocar em operação mais 400 unidades habitacionais em Gramado (RS) e mais 100 unidades em Barretos (SP). Com isso, diminui nossa preocupação com o nível das taxas de inadimplências condominais”, revelou Rezende.

Enio Almeida: “Recentemente fizemos uma parceria com a XP Investimentos em que transferimos cerca de R$ 350 milhões em recebíveis

Enio Almeida disse que quando se opta pela administração de investimentos de terceiros, existe um conflito de interesse e se não existe margem para erros. “A administração própria exige uma boa defesa financeira e de concepção do produto, pois quem acaba pagando pelos serviços são os condôminos. Essa é uma boa solução caseira se bem administrada tem retorno. Hoje em dia o mercado financeiro entendeu o conceito de multipropriedade e ele consegue identificar uma carteira saudável para transformar em recebíveis. Recentemente fizemos uma parceria com a XP Investimentos em que transferimos cerca de R$ 350 milhões em recebíveis e que estão sendo aportados no conforto dos nossos investidores”, mencionou Enio Almeida.

Alenjadro Moreno: “A multipropriedade é que está alavancando os recursos para viabilizar os novos empreendimentos

Investimento de risco
Alenjadro Moreno destacou que existia uma carência grande no Brasil de administradoras de resorts no segmento de multipropriedade, o que motivou a Wyndham a operar nesse segmento. “Graças a multipropriedade é que os resorts estão ganhando visibilidade e se expandindo, pois ao contrário do México e Caribe onde existe um único investidor, no Brasil, isso é um caso raro. A multipropriedade é que está alavancando os recursos para viabilizar os novos empreendimentos. Mas ao contrário do que muita gente pensa, essa é uma modalidade de investimento de risco”, alertou Moreno.

Lizete Ribeiro: “Temos quatro anos de atuação no segmento de timeshare e estamos satisfeitos com os resultados obtidos”

Lizete Ribeiro informou que no Tauá tem quatro anos no segmento de timeshare e a solução adotada para ganhar eficiência foi abrir uma sala na capital paulista de segunda a quinta e de sexta-feira a domingo essa sala de vendas vaia para a unidade em Atibaia. “Deixamos apenas duas pessoas na sala e os resultados estão sendo bastante animadores o que nos motiva a acreditar ainda mais que a aposta na multipropriedade foi acertada”, assegurou Lizete.

Murilo Paschoal : ““Estamos vivendo um bom momento de crescimento e maturidade da multipropriedade

Murilo Paschoal disse que o Beach Park, em Aquiraz (CE), está com 12 anos de atividades no setor de atuação no mercado e mesmo no atual momento econômico, o resort está com uma boa performance. “Estamos vivendo um bom momento de crescimento e maturidade da multipropriedade, pois está crescendo muito, mas fica o alerta de até quando o mercado continuará a absorver a demanda apresentada. Por isso, temos uma grande preocupação com a venda e o processo continua no pós venda e vai até a renovação”, destacou Paschoal.

Rafael Almeida : “Temos um arsenal de negociação com vários produtos para adequar as necessidades dos clientes

Rafael Almeida lembrou que é muito importante a captação correta do cliente para evitar um volume grande de cancelamentos. “Para isso temos uma ferramenta criada junto a comercializadora para explicar de forma bem detalhada o produto. Criou um arsenal de negociação com vários produtos para adequar as necessidades dos clientes. Entender o cliente, pois promessas são feitas e devem ser cumpridas. É necessário entregar algo a mais do que vendeu ao cliente”, enfatizou Rafael Almeida.

A Reportagem da Revista Hotéis está hospedada no Enotel Convention Spa Porto de Galinhas para cobrir esse evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image