HOME Matérias O que comemorar no Dia Mundial do Turismo?

O que comemorar no Dia Mundial do Turismo?

257
0
SHARE
Abdon Barreto Filho é ex-Presidente da ABIH/RS, Economista, professor da PUCRS e Diretor de Turismo do RS. - Foto - Divulgação

Artigo de Abdon Barretto Filho*

O Turismo e a Transformação Digital é tema das comemorações do Dia Mundial do Turismo nesse próximo dia 27 de setembro. A manutenção de um crescimento contínuo e inclusivo do setor turístico, em consonância com os objetivos do desenvolvimento sustentável das Nações Unidas, exige uma melhor compreensão das repercussões econômicas, sociais e ambientais da tecnologia e a inovação no Turismo.

O DMT  2018 é uma oportunidade única para fomentar a conscientização das possibilidades que encerram as tecnologias digitais de contribuir com o desenvolvimento do Turismo Sustentável, ao mesmo tempo que proporciona uma plataforma para investimentos, as alianças e a colaboração para um setor turístico mais responsável e inclusivo.

Sabe-se que, graças aos avanços tecnológicos, o fenômeno turístico pode contribuir para alcançar importantes objetivos de desenvolvimento como, entre outros, o fomento da iniciativa empresarial e a inclusão e o empoderamento da comunidade local e na gestão de recursos. O Dia Mundial de Turismo 2018 poderá nos ajudar a descobrir as novas oportunidades   que brindam ao Turismo os avanços tecnológicos, entre os que cabe mencionar a inteligência de dados, a inteligência artificial e as plataformas digitais.

Destacam-se as seguintes tendências mundiais que estão influenciando pessoas físicas e jurídicas no século XXI: a Globalização da Economia; Desregulamentação de Mercados; Sustentabilidade do Planeta e os Avanços Tecnológicos. O Turismo, como um fenômeno globalizado, está em processo de transição, distanciando-se de uma lógica analógica (tradicional e off-line) para a lógica digital (on–line em tempo real). Convém salientar que a lógica digital não é só o que acontece na rede mundial dos computadores. Envolve pelo menos três elementos: as pessoas envolvidas; os processos comunicacionais que determinam o poder dos consumidores nos relacionamentos entre organizações econômicas com ou sem fins lucrativos; tecnologia apropriada para assumir novos papéis no mercado. Na realidade, a inteligência de negócios com interligação entre os sistemas internos e externos que possibilitam alcançar e conquistar clientes. Há muita informação disponível hoje sobre empresas, entidades, mercados e pessoas. É necessário entender os dados a fim de buscar conteúdos para atender necessidades e antecipar-se aos desejos dos clientes, incluindo visitantes de destinos turísticos e prestadores de serviços turísticos, utilizando-se de uma série de programas, sites, portais, aplicativos, entre outros.

Os avanços digitais desenvolvem mudanças na maneira em que nos conectamos e informamos, modificações em nosso comportamento e no fomento das inovações e das estratégias para o desenvolvimento sustentável e responsável, incluindo o Turismo e a Transformação Digital. Comemore. São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso.

*Abdon Barretto Filho é ex-Presidente da ABIH/RS, Economista, professor da PUC/RS e Diretor de Turismo do RS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image