HOME Matérias Mercado Mapie destaca desafios no atendimento a turistas e seleções na Copa

Mapie destaca desafios no atendimento a turistas e seleções na Copa

2
0
SHARE

A Mapie, empresa especializada em gestão estratégica e consultoria hoteleira destacou alguns desafios a serem vencidos no atendimento a turistas e seleções que virão ao Brasil para a Copa do Mundo, em junho e julho deste ano. Com 32 países na disputa e diversas culturas envolvidas, é preciso treinamento especializado e atenção aos detalhes para encantar os visitantes que estarão no país e despertar neles a vontade de voltar.

Trícia Neves, sócia-diretora da Mapie comentou que “o Brasil tem uma grande oportunidade para cativar os turistas e as delegações, sempre atentando para as especificidades de cada cultura, desde a parte religiosa aos hábitos alimentares”. Para passar essa boa impressão ao visitante, nacional ou estrangeiro, a empresa prega que a cadeia do turismo precisa de capacitação, não só com treinamentos de idiomas, mas também com detalhes das culturas dos países envolvidos no mundial.


Na alimentação, o cuidado para satisfazer o turista deve ser redobrado, pois os hábitos de países orientais, como Japão e Coreia do Sul, são muito distintos dos ocidentais, que contam com grande influência das culturas europeia e norte-americana. O café da manhã dos japoneses, por exemplo, inclui arroz, sopa, peixe grelhado, algas marinhas, soja fermentada e chá verde. Enquanto isso, os coreanos têm por hábito uma refeição parecida com o almoço e jantar, com direito a kimchi (verduras apimentadas em conserva), uma tigela de arroz e sopa.


Um gesto que causa certa estranheza em estrangeiros é o cumprimento do brasileiro com beijos. São vários os países ocidentais que têm a cultura somente do aperto de mãos, enquanto outros, como o Japão, estão acostumados a curvar-se, variando entre acenos sutis com a cabeça em situações informais entre amigos, até mesmo a curvatura de 90 graus ao se dirigirem a pessoas com status social mais alto.


Essas diferenças podem gerar situações inusitadas e que precisam fazer parte dos treinamentos e simulações, pois é possível que torcedores, ou mesmo delegações de culturas distintas compartilhem dos mesmos espaços em hotéis e restaurantes. Segundo a consultoria, cuidados como estes causarão impacto na percepção destes clientes e os motivarão a voltar em outras oportunidades. Assim, temas como trabalho em equipe, comunicação clara e eficaz, postura vendedora e atitude dos profissionais de serviços devem ser trabalhados para preparar as equipes e colher frutos que durem muito além do tempo do evento.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image