HOME Matérias Entrevista Manoel Carlos Cardoso, o comandante do 3 em 1

Manoel Carlos Cardoso, o comandante do 3 em 1

28
0
SHARE

Existem alguns lugares no mundo que a primeira vista não dá para negar que é uma dádiva de Deus pela beleza e natureza exuberante. Um destes lugares existe no Brasil e fica em pleno cerrado da Região Centro-Oeste, mas precisamente na cidade de Rio Quente, em Goiás. Trata-se do Rio Quente Resorts, onde a natureza exuberante contracena com águas quentes e cristalinas que brotam espontaneamente das rochas numa temperatura de 37º C e formam um verdadeiro espetáculo da natureza.
Este é um dos destinos mais conhecidos do Brasil, pois consegue reunir num mesmo local praia, campo e parque aquático, com diversão garantida para todas as idades. A taxa de retorno é altíssima, graças à moderna infra-estrutura existente e aos constantes investimentos em ampliação e modernização que torna o Rio Quente um dos melhores destinos de resorts da América do Sul.
Mesmo sendo um destino consolidado, mantê-lo bem posicionado no mercado e estar sempre buscando novas atrações é um desafio constante para Manoel Carlos Cardoso, Diretor de Marketing e Vendas do Rio Quente Resorts. Conheça os desafios que ele enfrenta em seu dia a dia profissional e porque ele acha difícil perder uma venda para um cliente que opta por um resort destino.

Revista Hotéis — Quais são os principais desafios do cargo de Diretor de vendas e marketing do mais bem posicionado resort brasileiro? 
Manoel Carlos Cardoso — O principal desafio sem dúvida, é garantir o posicionamento do produto em alta e cumprir o orçamento. Não menos importante, este cargo exige a permanente busca dos melhores profissionais do mercado para formar o melhor time, mantê-los motivados e obstinados no desenvolvimento de carreira para performarem com a melhor estratégia de comunicação e vendas junto ao mercado e todos canais de distribuição. 
Somado a isto, é necessário fazer uma gestão com foco em resultado e na otimização de custos; trabalhar o melhor planejamento, pois a antecedência faz toda diferença na construção de novos produtos e na conquista de resultados; preparar campanhas, promoções, workshops com o Trade; buscar parcerias; estabelecer relações comerciais saudáveis; buscar novas rotas aéreas para levar comodidade aos nossos clientes entre outros importantes afazeres…

Revista Hotéis — É fácil vender este produto que é uma referência de destino?
Manoel Carlos Cardoso — Temos as mesmas dificuldades de outros destinos, mas quando compramos um produto a facilidade existe, é o meu caso, comprei o Rio Quente Resorts, tenho plena convicção do potencial do produto e de todos diferenciais únicos que o consagram, e todos profissionais do meu time seguem esta filosofia. É raro um vendedor perder uma venda quando há alguma dúvida por parte do cliente em relação a escolha do destino, além de termos águas quentes correntes em todas as 13 piscinas. Se o cliente pensa em praia, agora temos a Praia do Cerrado, se ele pensa em Campo, somos Campo e se ele quiser  mais diversão de um parque para a família, temos o Hot Park, o maior parque aquático do Brasil.  Somos o único destino na América do Sul – 03 em 01- Praia, Campo e Parque Aquático.
 
Revista Hotéis — Como é que o Rio Quente Resort está posicionado hoje no mercado. Qual é a capacidade de leitos oferecidos e a infra-estrutura de lazer existente?
Manoel Carlos Cardoso — O Rio Quente Resorts é o produto de férias e lazer preferido da família brasileira, somos o “Melhor Destination Resort da America do Sul”. Nosso expressivo índice de retorno de clientes e a taxa de ocupação respalda a consistência desta afirmação. Temos 963 apartamentos em cinco hotéis e a possibilidade de até 3800 leitos, sete restaurantes, cinco bares, uma pizzaria, uma lanchonete, uma sorveteria e um Centro de convenções para até 850 pessoas em auditório.
A Estrutura de Lazer é a mais completa do Brasil, temos o “Hot Park” – o Maior Parque Aquático da América do Sul que damos de presente aos nossos hospedes que fazem uma grande economia, pois o ingresso custa R$79,00 por pessoa. Você pode encontrar um mundo de atrações radicais e não radicais como: Mergulho com cilindro em águas quentes com visibilidade cristalina de 40 metros e peixes de até dois metros de comprimento; o Bird Land – Terra dos pássaros que permite a convivência com mais de 200 espécies, palestra de conscientização para as crianças; Clubinho da Criança local destinado a crianças de até cinco anos com brinquedos aquáticos especiais; Praia do Cerrado ocupa uma área de 25.000 m² com a maior piscina de ondas de águas quentes e correntes do mundo, que a cada três horas se renovam 100%, com nove tipos de ondas que chegam até 1,20m de altura, Aulas de Surf coordenadas pelo Phill Rajzman, tri-campeão mundial de surf, são três praias: A praia da Marina só para as crianças, a praia do Bikini que é a praia do agito e a praia dos Sonhos (área vip somente para os hospedes) capacidade para 15.000 pessoas, arena de vôlei e futebol para 3.000 espectadores, lojas térmicas, restaurantes, Balé- balé cabanas típicas do sudeste Asiático, com camas e almofadas, que mexe com o imaginário dos hsopedes, são super confortáveis e muito mais; voltando para o parque oferecemos também Atrações Radicais Rapel, Paintball, Escalada e Arvorismo, Sky Venture, Caiaque, Tirolesa, Acqua Rider, Lazy River, Toboáguas no escuro, Toboáguas abertos e o radical Half Pipe; 18 Nascentes de água quente; 13 Piscinas com águas quentes renovadas 100% a cada 20 minutos; seis quadras de tênis, dois campos de futebol; recreação e entretenimento com a equipe do boto a nossa equipe de monitores.  Mesmo com tantas atrações, o Parque das Fontes é sem dúvida nosso maior diferencial competitivo. Ele funciona 24 horas e oferece sauna, ofurôs naturais, bar molhado, em três piscinas com águas quentes correntes a 37º C, a cada 20 minutos são 100% renovadas, aqui o nosso Conceito After Six entra em cena, ou seja, após a 18h00 enquanto na maioria dos resorts os hospedes vão para o apartamento, no Rio quente Resorts vão para as piscinas.   A sensação é única, olhar para o céu estrelado em meio às copas das arvores, pisando num cão natural não azulejados, tomando uma taça de champanhe com cardumes de peixinhos circulando ao lado, é uma emoção única e memorável.
 
Revista Hotéis — A que você atribui o sucesso que o Rio Quente Resort possui no mercado?
Manoel Carlos Cardoso — “Água Quente” há uma hora de avião de São Paulo em nosso fretamento, um destino singular contemplado de forma exuberante pela natureza com  mata nativa do cerrado, associado a melhor infra-estrutura de lazer e entretenimento do país, atende todas as idades e gostos de uma família, este é o sucesso que leva milhares de pessoas todos os anos para o “Melhor Destination Resorts da America do Sul”. Nossa programação é muito dinâmica e especial, para ter uma idéia, temos show todas as noites do ano em nosso Toldo (um circo para 1200 pessoas), a partir das 18h00 começa o happy hour no Marolo, a partir das 19h30 inicia atividades no Toldo que vai até 23h30, quem quiser esticar mais um pouquinho pode ir para o Club Chopp Brahma, uma verdadeira réplica de boteco Carioca que faz muito sucesso.
 
Revista Hotéis — Qual a origem dos clientes do Rio Quente Resort e qual a participação do turista estrangeiro? Existe campanha voltada para atrair este público em específico?
Manoel Carlos Cardoso — 65% São Paulo, 14% Centro Oeste, 6% Minas Gerais, 5% Rio de Janeiro, 3% estrangeiro.  Sim, nossas campanhas são direcionadas para cada publico especifico.
 
Revista Hotéis — A água quente e cristalina que brota das rochas é uma das referências do Resort. Vocês monitoram a vazão desta água para saber quantos anos ela continuará a brotar, a sua qualidade e como ela é utilizada e devolvida a natureza?
Manoel Carlos Cardoso — Sim, este é um fenômeno de séculos que até hoje não sofreu qualquer alteração na vazão e nem na temperatura.  Temos uma responsabilidade de peso na sustentabilidade do meio ambiente de tudo que fazemos neste destino, o certificado da Iso 14001 nos guia na gestão ambiental, para ter uma idéia, devolvemos todas as águas que passam pelas nossas piscinas em plenas condições de balneabilidade.
 
Revista Hotéis — Quais são os projetos de responsabilidade sócio-ambiental que o Rio Quente Resort mantém?
Manoel Carlos Cardoso — Destaco entre muitos projetos o plano de reflorestamento, plantamos 1550 mudas nativas ao longo de 2 km da margem do rio; em parceria com órgãos locais fazemos a manutenção do parque estadual da Serra de Caldas; temos em nosso calendário a semana do meio ambiente, onde convidamos para uma reflexão sobre a “Educação Ambiental” os hospedes, clientes, associados, parceiros e comunidade para várias atividades ecológicas, como Eco Rally a Pé, Trilhas Ecológicas, Palestras Ambientais, Eco Aula, Plantio de Mudas do Cerrado, entre outras, direcionadas para os stakeholders do Rio Quente Resorts; gerenciamento de resíduos sólidos; monitoramento das águas; controle das emissões atmosféricas; Manter equipes prontas para atender situações de emergência, auxiliando no combate a incêndios florestais; Teatro Turma do Cerrado é um evento com todas as escolas das cidades da região das águas quentes com a participação da Turma do Cerrado e Equipe Boto.  Temos outras importantes ações, seguimos um programa Rio Quente Sustentável.
 
Revista Hotéis — No ano passado vocês colocaram em operação uma das maiores praias artificiais do mundo. Como foi que surgiu esta idéia? Quais os principais desafios para implantá-la?
Manoel Carlos Cardoso — Temos um Master Plan de utilização e exploração de solo para vinte anos que visa o desenvolvimento, melhorias e o fortalecimento do destino, este projeto foi executado por uma empresa de consultoria americana a View Way, a mesma que presta serviços para a Disney, contemplava a Praia que foi inaugurada em junho de 2008 e temos muitos outros projetos: Até 10 de dezembro deste ano teremos mais 22 aptos, mais seis novas salas de reunião, um novo lobby e uma nova recepção no Hotel Turismo (este sempre é o primeiro hotel a lotar em todas as temporadas), até 07 de outubro estaremos com um novo restaurante no Hotel Pousada, será mais moderno levando mais conforto para os hospedes nas refeições.   As obras do Master Plan iniciarão com o Hotel Golf com 200 aptos, seguido do Hotel Convention 360 aptos + Centro de Convenções para 1500 pax, o Hot City – centro de entretenimento noturno com arena para shows até 2013… e já temos uma “novidade” para 2011 uma mega atração familiar para o Hot Park.
Este projeto de renovação e expansão iniciou em 2007, já temos pronto e entregue a reforma de 100% dos aptos do Hotel Pousada, troca dos pisos de todas as piscinas, reforma e modernização de todos os bares do Parque das Fontes, compra de R$ 1 milhão em cadeiras e espreguisaderias, reforma da pizzaria e sorveteria Alecrim, construção do  Club Chop Brhama, no Hotel Turismo renovamos as rampas, áreas comuns, a piscina e construímos o Lounge Stella Artois; Espaço Gourmet Mac, e no Hot Park a Terra dos Passáros – Bird Land entre inúmeras outras ações nos bastidores… 
 
Revista Hotéis — A Praia do Cerrado visava atrair um público mais jovem ao resort? E o que ela agregou ao empreendimento?
Manoel Carlos Cardoso — Contribuiu com um aumento expressivo na ocupação dos resorts e no número de visitantes, tem atraído muitos eventos esportivos, vôlei de praia, futvolei, beach soccer e também a realizações de shows, sem dúvidas consolidando um público jovem e famílias com filhos de todos as regiões do Brasil que buscam o Sol e entretenimento o ano inteiro. A Praia do Cerrado com aniversário de um ano, ganhou vida própria com mais de 1 milhão de visitantes antes de completar um ano, sediou em fevereiro último a Copa Latina de Beach Soccer que foi televisionado pela GLOBO e SPORT TV para 137 países, também já formou algumas centenas de crianças em sua escolinha de surf que tem como professor e coordenador o tri campeão mundial de surf o Phill Rajzman.   A Praia do Cerrado fortaleceu nossos diferenciais competitivos na decisão de destino para realização de eventos corporativos, onde temos Luais e abertura da praia a noite com exclusividade, além é lógico do conceito After Six mencionado anteriormente.  
 
Revista Hotéis — Uma vez consolidado estes novos investimentos, qual é a expectativa de vocês em relação a visitantes e taxa média de ocupação nos hotéis nos próximos anos?
Manoel Carlos Cardoso — O Rio Quente Resort só tem uma preocupação, ser o melhor Destination Resorts da América do Sul, investir para melhorar o destino com novidades que possam traduzir experiências únicas e inesquecíveis para pessoas de todas as idades de uma família que pretende passar as férias sem surpresas desagradáveis. Temos expectativas de atingir dois milhões de visitantes ano, e trabalhar com ocupação acima de 80% ao ano.

 Revista Hotéis — Recentemente vocês colocaram em operação o Rio Quente Vacation Villa para atender clientes de férias compartilhadas. Como foi recebido este programa no mercado e as expectativas de crescimento nos próximos anos?
Manoel Carlos Cardoso — Foi extraordinária e surpreendente a satisfação de nossos membros com este novo produto, este é um segmento sério que vem ganhando maturidade no mercado brasileiro, o Rio Quente Resorts é líder absoluto nas vendas de time share no Brasil, é a nossa resposta para o hospede que quer freqüentar o nosso resort mais vezes no decorrer do ano.  A expectativa de crescimento é grande, apostamos neste segmento e a partir de setembro iniciaremos a construção do Hotel Golf, um hotel exclusivo para o Time Share.
 
Revista Hotéis — A atual conjuntura econômica mundial preocupa ou influi em relação aos investimentos de modernização e ampliação?
Manoel Carlos Cardoso — Estamos investindo sem interrupção desde 2007, neste período tivemos inúmeras crises, porém continuamos com o nosso projeto de melhorar e potencializar o “Melhor Destination Resort da America do Sul”.
Revista Hotéis — Qual é a expectativa de vocês em relação a parceria com a Azul Linhas Aéreas em que se estabeleceu uma nova rota para integrar o Resort a outros destinos no Brasil?
Manoel Carlos Cardoso — Realizamos um desejo antigo, de levar mais conforto e comodidade para o interior de São Paulo e outras praças através de um fretamento partindo de Viracopos todos os domingos, atendemos 10 cidades que fazem conexão, o passageiro faz o check in e pode embarca em: Manaus, Fortaleza, Recife, Salvador, Vitória, Rio de Janeiro, Maringá, Navegantes, Porto Alegre e Curitiba, reencontrando a sua bagagem em seu apartamento no resort.
A vantagem é muito interessante, para ter uma idéia, um passageiro de POA paga o mesmo valor de um paulista embarcando de SP, não é fantástico? Lotamos 100% todas as saídas de julho, já temos expressivas vendas antecipadas até outubro…
A Tam continua sendo a nossa principal parceira, temos 400 fretamentos ano com aeronaves Airbus 319 e 320, com cinco vôos semanais com saídas nas quartas, quinta e domingo do aeroporto de Guarulhos. Ainda queremos mais, onde for possível e viável estaremos fazendo ponte para levar as famílias ao Rio Quente Resorts.
 
Revista Hotéis — Vocês já possuem uma estrutura de venda de pacotes e a hospedagem. Os sócios investidores do Rio Quente Resorts, a Gebepar de Goiânia e a Algar de Uberlândia que possui uma empresa de táxi aéreo. Vocês já pensaram em ter aeronaves próprias para atender as necessidades e assim fechar o ciclo?
Manoel Carlos Cardoso — Como empreendedores já passamos por esta discussão inúmeras vezes, mas não há nenhum projeto neste sentido, trabalhamos para potencializar a nossa operadora Valetur.  Hoje realizamos mais de 400 fretamentos por ano, mantendo uma regularidade a mais de vinte e cinco anos com voos semanais direto para o nosso destino via o aeroporto de Caldas Novas.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image