HOME Matérias Empresas & Negócios Leucotron incrementa produtos com olho nas Olimpíadas

Leucotron incrementa produtos com olho nas Olimpíadas

158
0
SHARE
Corcovado - Rio de Janeiro - Foto: Alexandre Macieira | Riotur

A Leucotron Telecom, empresa brasileira que desenvolve soluções integradas de telecomunicações para corporações, médias e pequenas empresas, está incrementando seus produtos já de olho nos Jogos Olímpicos, que ocorrerão na cidade do Rio de Janeiro (RJ), a partir do dia 5 de agosto.

Por conta de o evento esportivo reunir turistas de diversas nacionalidades, a empresa tem investido em soluções para o mercado hoteleiro poder recepcionar esse grande público. A expectativa é de que a capital fluminense receba cerca de 350 mil turistas durante os Jogos Olímpicos.

De acordo com o diretor de Negócios da Leucotron, Antonio Cláudio Oliveira, “Assim como já fizemos na Copa de 2014, queremos auxiliar nossos clientes a apoiar os visitantes que vem ao Brasil para ver os jogos, especialmente os turistas que não falam nosso idioma. Eles precisam de apoio para se localizar, para saber o que visitar, onde pegar um táxi, qual o melhor restaurante a visitar, além de ter acesso a serviços estruturais e do hotel onde escolheram se instalar”, explicou.

Dentre algumas das ações realizadas pela empresa, estão as melhorias no produto Concierge Eletrônico Leucotron, que tem por objetivo facilitar a permanência do turista no hotel. Trata-se de um serviço customizado, integrado ao equipamento telefônico, que dá informações sobre pontos turísticos, operações de câmbio, pontos de táxis, bares e restaurantes, pontos de atendimento médico, museus, praias, etc, nos mais diversos idiomas (alemão, inglês, francês, espanhol, italiano, etc).

Segundo Oliveira, a unidade hoteleira que contrata o serviço envia as informações que deseja inserir no sistema. Mas, se engana quem pensa que o turista brasileiro não será atendido pelo sistema. “Há funcionalidades para o turista local também”, esclarece. Como o executivo esclarece é uma solução sob medida, que visa reduzir riscos no atendimento e simplificar processos com o aumento da taxa de ocupação dos estabelecimentos.

Oliveira salienta, por fim, que a tradução para os diversos idiomas pode ser contratada diretamente da Leucotron. Se o cliente preferir, o conteúdo a ser programado pode ser traduzido pelo próprio hotel. “A ideia é que o turista estrangeiro tenha acesso a informações diversas, nos mais distintos idiomas, e que esse processo seja realizado de forma ágil e objetiva, desonerando, por exemplo, o município da contratação de um grande contingente de recursos humanos especializados em língua estrangeira”, completa.

SHARE