HOME Matérias Aconteceu Lazer e entretenimento como estratégia de marketing é abordado em palestra na...

Lazer e entretenimento como estratégia de marketing é abordado em palestra na Equipotel

56
0
SHARE
Luigi Rotunno, Presidente da ABR durante palestra na Equipotel 2017

Luigi Rotuno, Presidente da ABR – Associação Brasileira de Resorts e Diretor Geral do La Torre Resort, em Porto Seguro (BA), foi o palestrante do tema na programação do Café do Saber, durante a 55ª Equipotel, que acontece em São Paulo.

Ele apresentou alguns dados que mostram as motivações de viagem dos turistas, onde 77% são para turismo; 66,3% buscam gastronomia; 66% procuram por arte e cultura e 33% são para atividades ao ar livre. Seis entre dez viajantes são mais propensos a fazer uma viagem de bleisure (lazer + negócios) hoje, do que eram há cinco anos, de acordo com o estudo Bridgestreet global hospitality Bleisure. Ainda segundo com a pesquisa, 55% dos viajantes trazem um familiar ou parceiro com eles em viagens de negócios.

Para Rotunno, atender os diferentes tipos de gostos, em um público em constante mudança, é um grande desafio. “Falamos sempre em experiência, mas precisamos pensar nos pilares dela: compartilhamento e interação. Não basta oferecer apenas algo com nome diferente, mas permitir que a pessoa faça parte daquela atividade, daquela experiência”, disse.

Outro ponto que Rotunno destacou foi o custo. Ele diz que muita coisa depende do porte do meio de hospedagem, mas para todos é possível fazer parcerias para baixar o custo. “A experiência não necessariamente precisa ser fornecida pelo hotel, mas via parcerias. Como experiências gastronômicas, academia, programações noturnas de música com bares e casas ao redor, dentre outros”.

Ter um bom planejamento e estar por dentro de tudo o que acontece no entorno do hotel também é fundamental. Segundo o executivo, quanto mais oferecer atividades, mais é possível reter o hóspede para si. O conceito Human to Human é uma grande tendência entre os meios de hospedagem, pois cada pessoa quer ser tratada de forma especial. “Humanizem a comunicação com o cliente. Respondam avaliações com o primeiro nome, é muito importante. Além disso, mantenha um compromisso de sustentabilidade e envolva o cliente no negócio. Outro aspecto importante é o social – o hóspede vai levar isso em consideração e toda empresa deve por isso em pauta”, destacou Rotunno.

Outro destaque feito por ele foi na Comunidade, que precisa ser parceira do meio de hospedagem, e para isso, ter uma boa relação com todos os players envolvidos na experiêcia turística – o taxista, os comerciantes, etc. “Tudo isso é importante, mas para justificar cada aspecto mencionado é preciso ter capacitação constante. Precisamos motivar os colaboradores a querer algo a mais”. Além disso, Rotunno apontou a política de retenção de colaboradores como item essencial para manter a qualidade dos serviços.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image