HOME Matérias LATAM divulga novas regras para voos nacionais e internacionais

LATAM divulga novas regras para voos nacionais e internacionais

A efetuação será realizada de forma gradual, de modo que o passageiro tenha tempo hábil para se adaptar às novas regras

217
0
SHARE
Voo Latam - Foto: Divulgação

A LATAM Airlines divulgou que passará a cobrar pelo despacho de malas, seleção de assento e a alimentação a bordo nos seus voos nacionais. Com essa mudança, o viajante terá a opção de escolher sua passagem, pagando apenas pelo o que necessita. A partir do próximo dia 14 de março, o Grupo vai modificar suas regras de bagagem referente à franquia concedida por cliente e à cobrança do excesso.

Essas normas adequam os processos da companhia à revisão das CGTAs – Condições Gerais de Transporte Aéreo, autorizada pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil em dezembro do ano passado. De acordo com a CEO da LATAM Airlines Brasil, Cláudia Sender, a experiência internacional mostra que os preços das passagens caíram e muitas pessoas começaram a usar o transporte aéreo onde a bagagem despachada é cobrada à parte.

Houve uma diminuição em torno de 50% das tarifas menores da companhia e filiais nesses últimos 10 anos, em suas rotas domésticas, triplicando o tráfego aéreo na região. “A LATAM e suas filiais projetam reduzir em até 20% as tarifas mais baratas disponíveis para seus voos domésticos até 2020, consolidando sua importância para o desenvolvimento do turismo na região e contribuindo para o crescimento do tráfego aéreo”, afirma Cláudia.

Com o intuito de ajudar o cliente a se acostumar a esta nova prática, durante os próximos meses o despacho da primeira bagagem de 23 quilos ainda será gratuito e a cobrança será apenas sobre o excesso. “Queremos dar tempo ao cliente para que se acostume com nossos novos procedimentos antes de iniciar a cobrança da primeira mala em voos domésticos”, fala a Diretora de Marketing da LATAM Airlines Brasil, Adriana Gomes.

Alterações confirmadas a partir de 14 de março de 2017:

1) Bagagem de mão: para embarques feitos a partir dessa data, terá acréscimo no peso da bagagem permitida a bordo das aeronaves em todos os voos, passando de 5 para 10 quilos por viajante (exceto Premium Business e Premium Economy, que mantém a franquia de 16 quilos). As normas referentes às dimensões da bagagem de mão seguem inalteradas: no máximo 55 cm x 35 cm x 25 cm (altura x largura x espessura).

2) Bagagem despachada: nos primeiros meses, os passageiros que emitirem bilhetes a partir do dia 14 de março terão direito a despachar um volume de até 23 quilos em voos dentro do Brasil e de/para a América do Sul. Para os demais voos internacionais, os clientes poderão despachar até dois volumes de 23 quilos cada. Já os clientes nas cabines Premium Business e Premium Economy poderão transportar até três volumes de 23 quilos. As regras relacionadas às dimensões da bagagem despachada seguem inalteradas, onde largura + altura + comprimento somados devem ter até 158 centímetros.

3) Excesso de bagagem: o pagamento do excedente de bagagem será modificado a partir do dia 14, seja pelo call center, site ou pessoalmente no aeroporto. A cobrança será mais simples e feita por meio de taxas fixas por peça, por faixa de peso e/ou por tamanho excedente. Os valores variam de acordo com o tipo de voo: doméstico, América do Sul ou internacional.

Veja abaixo um resumo das novas regras e cobranças, com os respectivos preços que entrarão em vigor em 14 de março:

Já os clientes do programa LATAM Fidelidade das categorias Gold, Platinum, Black e Black Signature terão benefícios diferenciados relacionados à franquia de bagagem. O Grupo fará as mudanças em fases para que o passageiro tenha tempo de se adaptar aos novos procedimentos.

Outros detalhes poderão ser consultados através do site: www.latam.com/suabagagem

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image