HOME Matérias Giro pelo mundo Israel recebeu 3, 6 milhões de visitantes em 2017

Israel recebeu 3, 6 milhões de visitantes em 2017

103
0
SHARE
Praia em Tel Aviv. / Foto - Divulgação.

O ano de 2017 foi benéfico para o turismo israelense, já que o país recebeu 3,6 milhões de visitantes e incrementou sua receita em 20 bilhões de shekels no setor. De acordo com os dados divulgados pelo Ministério do Turismo do país, 54% das visitas foram cristãos, sendo destes, 39% católicos, 33% protestantes e 22% ortodoxos russos. Dentre os principais emissores de turistas para Israel estão: EUA, Rússia, França, Reino Unido e Alemanha. E entre as cidades mais visitadas se destacam: Jerusalém, Tel Aviv, Mar Morto, Tiberíades, Mar da Galileia e Galileia.

O Brasil contribuiu para este aumento de maneira notória, já que houveram 65% mais turistas do que em 2016, tendo um pouco mais de 51 mil visitantes brasileiros por ano. De acordo com Yariv Levin, Ministro do Turismo de Israel, o aumento não aconteceu por acaso “o número recorde de turistas que visitaram Israel ano passado não é um acidente, mas o resultado de uma política clara. As ações tomadas desde que assumi a posição trouxeram ao país aumento de 700 mil turistas e recorde também para a economia, com adição de 20 bilhões de shekels na receita vindos apenas do turismo”.

De uma maneira geral a hotelaria teve resultados satisfatórios, tanto que no primeiro semestre de 2017 houve um aumento de 11% em relação ao mesmo período de 2016. A grande aposta de 2018 é a construção de um hotel em Eilat: Astral, uma alternativa de baixo custo, com 400 quartos, onde o hospede decide quais serviços precisa.

As ações de marketing do Ministério tiveram foco na Europa, nos EUA e no Extremo Oriente, além disso, a colaboração de algumas agências mundiais de turismo também foram essenciais para o crescimento e a conquista de público. No Brasil, o investimento foi o mesmo de 2016, com o foco de promover a Terra Santa, o turismo gastronômico e esportivo.

De acordo com a Diretora geral do Ministério do Turismo de Israel no Brasil o aumento se deve a estratégia de marketing utilizada que atraiu outros públicos e não apenas o convencional “o número histórico de turistas em Israel está atrelado a atividades de marketing inovadoras e criativas, que no Brasil estão no universo on e off-line para os públicos B2B e B2C, além do desenvolvimento de mercados de nicho, como o esporte, com as Maratonas, e culinária, com seus festivais gastronômicos, além de muitos outros, como aventura, bem-estar e história”.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image